Temer se solidariza com vítimas de acidente aéreo em Cuba

Através de seu perfil no Twitter, o presidente se solidarizou com os familiares das vítimas e disse que soube da notícia com 'profunda tristeza'

Presidente da República Michel TemerPresidente da República Michel Temer - Foto: Marcos Corrêa/PR

O presidente Michel Temer lamentou o acidente aéreo ocorrido nessa sexta-feira (18) em Cuba, que causou a morte de 108 pessoas. Por meio de seu perfil no Twitter, Temer se solidarizou com os familiares das vítimas e disse que soube da notícia com "profunda tristeza".

"Estendo a fraternal solidariedade do Brasil aos feridos, às famílias das vítimas e a todo o estimado povo cubano", escreveu o presidente, na rede social.

Leia também:
Cuba decreta luto oficial por queda de avião que matou 108 pessoas
Avião cai após decolar de aeroporto de Havana, em Cuba


O Boeing 737 operado pela Cubana de Aviação, alugado da companhia mexicana Global Air, caiu com 110 pessoas a bordo pouco depois de decolar do aeroporto internacional de Havana.

Apenas três mulheres sobreviveram ao acidente, mas uma delas morreu posteriormente no hospital devido aos ferimentos. As outras duas seguem internadas em estado grave.

Veja também

Prefeito do Recife, João Campos, testa positivo para Covid-19
Coronavírus

Prefeito do Recife, João Campos, testa positivo para Covid-19

Tribunal abre brecha para reduzir pena tricentenária de Sérgio Cabral
Política

Tribunal abre brecha para reduzir pena tricentenária de Sérgio Cabral