Trabalho de Teori permanecerá para sempre, diz Cármen Lúcia

Teori morreu na tarde desta quinta-feira (19) em um acidente aéreo

Cármen Lúcia Cármen Lúcia  - Foto: Antônio Cruz/ABr

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, disse nesta quinta-feira (19) que o trabalho feito pelo ministro Teori Zavascki permanecerá para sempre. Em nota, a ministra também prestou solidariedade à família do ministro e agradeceu as manifestações de pesar que chegaram a Corte.

"A morte põe fim a uma vida, mas não acabam a amizade, a convivência nobre, gentil e fecunda do amigo dos amigos. Nem a generosidade com todos que caracterizava o ministro Teori Zavascki. O sentimento de dor e de saúde servirá de permanente lembrança para os compromissos que marcaram a vida do ministro, uma responsabilidade nossa, a fim de nos perseverarmos, também em sua homenagem, na mesma trilha", disse a ministra.

Teori morreu na tarde desta quinta-feira (19) em um acidente aéreo. O avião que transportava o ministro e mais três pessoas saiu de São Paulo e caiu próximo a Paraty, no Rio de Janeiro.

Mais cedo, os colegas de Supremo, Luís Roberto Barroso e Gilmar Mendes, também se manifestam sobre a morte do colega.

Barroso disse que perdeu um "amigo querido". Para Barroso, o país perdeu um "grande homem". "Teori era um homem íntegro, preparado e trabalhador. Perco um amigo querido, que eu recebia em casa com frequência. O Tribunal perde um juiz especialmente vocacionado. E o país perde um grande homem. Somos todos vítimas de uma trapaça da sorte."

O ministro Gilmar Mendes, que está em férias em Lisboa e, disse, por meio de sua assessoria, que está muito abalado e chocado com a morte do colega.

Veja também

Supremo decide manter em Brasília casos de Lula retirados da Lava Jato de Curitiba
STF

Supremo decide manter em Brasília casos de Lula retirados da Lava Jato de Curitiba

Projeto de Lei que torna as Igrejas essenciais foi aprovado por 46 votos na Alepe
Blog da Folha

Projeto de Lei que torna as Igrejas essenciais foi aprovado por 46 votos na Alepe