Tribunal transmitirá ao vivo julgamento de Lula

A transmissão acontecerá por meio do canal da corte no Youtube

TRF4TRF4 - Foto: divulgação

O TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) transmitirá ao vivo o julgamento da apelação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na próxima quarta-feira (24). A transmissão acontecerá por meio do canal da corte no Youtube (https://www.youtube.com/user/TRF4oficial).

Geralmente, os julgamentos das 7ª e 8ª turmas criminais não são transmitidos ou anexados aos processos eletrônicos para preservar a segurança dos magistrados e evitar a exposição dos réus. Em situações excepcionais, entretanto, os juízes podem decidir pela transmissão - como acontece, agora, no caso do ex-presidente.

Leia também
Procurador diz que não vê razão para pedir prisão cautelar de Lula
Em ato no Rio, Lula ataca presidente do TRF4


O julgamento começará às 8h30 e não tem prazo para acabar, mas a assessoria do tribunal estima que termine por volta das 15h. Será reservada uma sala no prédio da corte para que autoridades e jornalistas credenciados acompanhem o julgamento por meio de telão. Na sala da sessão somente será permitida a entrada das partes envolvidas no processo e seus advogados.

Lula será julgado em segunda instância seis meses após ter sido condenado pelo juiz Sergio Moro a nove anos e meio de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro. Na ação, o petista é acusado de receber R$ 3,7 milhões de propina da empreiteira OAS em decorrência de contratos da empresa com a Petrobras. O valor, apontou a acusação, se referia à cessão pela OAS do apartamento tríplex ao ex-presidente, a reformas feitas pela construtora nesse imóvel e ao transporte e armazenamento de seu acervo presidencial.

O TRF-4 já informou que, caso condenado, Lula só poderá ser preso após a tramitação de todos os recursos. Em caso de condenação em segunda instância, o ex-presidente fica inelegível pela Lei da Ficha Limpa, mas pode se manter na disputa também por meio de recursos.

Veja também

Comissão do impeachment de Witzel aprova retomada do prazo de defesa
rio de janeiro

Comissão do impeachment de Witzel aprova retomada do prazo de defesa

Câmara do Recife aprova obra voltada para 48 mil família do Coque
blog da folha

Câmara do Recife aprova obra voltada para 48 mil família do Coque