TSE autoriza envio de tropas federais para São Luís no segundo turno

Segundo informações do TSE outros dois pedidos de atuação da Força Federal já foram feitos ao tribunal.

Líder da Oposição no Senado, Humberto Costa (PT-PE)Líder da Oposição no Senado, Humberto Costa (PT-PE) - Foto: Arthur Mota/Folha PE/@arthursmota

O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorizou nesta quinta-feira (13) o envio de Força Federal para a cidade de São Luís, capital do Maranhão. As tropas vão atuar durante a eleição e apuração de votos do segundo turno das eleições municipais, que acontece no domingo, dia 30 de outubro.

O relator da ação, ministro Henrique Neves, disse que para aceitar o pedido levou em conta os casos de violência registrados durante o primeiro turno.

Poucos dias antes do pleito, foram registrados ataques criminosos a locais onde seria realizada a votação. Na madrugada do dia do primeiro turno foram sete ocorrências entre ataques a prédios públicos e veículos na capital maranhense.

Uma operação realizada na cidade confirmou que detentos do Complexo Penitenciário de Pedrinhas estavam entre os mandantes dos crimes. As tropas começam a atuar na cidade a partir de 48 horas antes da votação.

Segundo informações do TSE outros dois pedidos de atuação da Força Federal já foram feitos ao tribunal. A Corte vai analisar um pedido de Fortaleza (CE) e outro do Rio de Janeiro (RJ).

Veja também

Palestra celebra 32 anos da Constituição e debate as eleições sob ótica do Direito Eleitoral
Eleições 2020

Palestra celebra 32 anos da Constituição e debate as eleições sob ótica do Direito Eleitoral

Covid-19 já matou ao menos 20 candidatos em campanha no país
Eleições 2020

Covid-19 já matou ao menos 20 candidatos em campanha no país