Coronavírus

Wagner Rosário está com Covid-19, diz CGU; governo Bolsonaro já soma seis ministros infectados

Nesta semana, o governo informou que os testes de Michelle Bolsonaro e o ministro Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia) deram positivo para Covid-19

Wagner RosárioWagner Rosário - Foto: Reprodução/ Internet

 O ministro da CGU (Controladoria-Geral da União), Wagner Rosário, está com Covid-19, segundo informou a pasta em nota nesta sexta-feira (31). Com isso, o governo Jair Bolsonaro (sem partido) já soma seis ministros infectados pelo novo coronavírus, além do próprio presidente e da primeira-dama, Michelle Bolsonaro.

"O ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário, testou positivo para a Covid-19 nesta quinta-feira, dia 30. Ele ficará em isolamento até novo teste e alta médica. Até lá, manterá as atividades de forma remota", disse o comunicado, sem informar em que condições o ministro se encontra ou se ele faz algum tipo de tratamento.

Nesta semana, o governo informou que os testes de Michelle Bolsonaro e o ministro Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia) deram positivo para Covid-19. Na semana passada, os ministros Onyx Lorenzoni (Cidadania) e Milton Ribeiro (Educação) informaram estar doentes. Anteriormente, já haviam sido contaminados Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional) e Bento Albuquerque (Minas e Energia).

O presidente Jair Bolsonaro também foi infectado pelo coronavírus. Ele anunciou o teste positivo em 7 de julho e ficou 20 dias longe do Palácio do Planalto, para onde retornou na segunda-feira (27). Nesta quinta-feira (30), em sua live semanal, Bolsonaro afirmou estar com "mofo no pulmão".

"Acabei de fazer um exame de sangue, estava com um pouco de fraqueza ontem [quarta-feira], achava que estava com um pouco de infecção também. Tomei agora um antibiótico. Depois de 20 dias dentro de casa, a gente pega outros problemas, peguei mofo, mofo no pulmão deve ser", disse Bolsonaro sem informar mais detalhes.

Horas antes, porém, Bolsonaro montou em um cavalo, deixou a máscara no queixo e tocou as mãos de apoiadores durante uma viagem que fez ao interior de Piauí e Bahia. De acordo com a Secretaria-Geral, em 24 de julho, 31 dos 3.400 servidores da Presidência da República estavam afastados do trabalho por terem apresentado resultado positivo para Covid-19.

Ainda de acordo com a pasta, mais de 50% dos servidores estão em trabalho remoto ou em escala de revezamento.

Veja também

Repasses para pôr internet em escolas travam
Educação

Repasses para pôr internet em escolas travam

Bolsonaro evita ataques, mas STF mantém ritmo de derrotas ao governo
Política

Bolsonaro evita ataques, mas STF mantém ritmo de derrotas ao governo