Waldemar Borges à frente da CCLJ

Referendado por integrantes de governo e oposição, Borges afirmou que o colegiado funcionará com uma caixa de ressonância dos interesses da população

Waldemar BorgesWaldemar Borges - Foto: Léo Motta/Folha de Pernambuco

Dois dos principais colegiados da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Ale­pe), as comissões de Constituição, Legislação e Justiça (CCLJ) e Administração Pública (CAP) tiveram os comandos definidos, na última terça-feira (7). Após uma onda de especulação em torno da CCLJ, o deputado Waldemar Borges (PSB) foi ungido para comandar a comissão permanente tendo o deputado Tony Gel (PMDB) na vice-presidência.

Já a CAP será presidida pelo socialista Lucas Ramos e o deputado Joaquim Lira (PSD) na condição de vice. Referendado por integrantes de governo e oposição, Borges afirmou que o colegiado funcionará com uma caixa de ressonância dos interesses da população.

“Iremos pautar o bom debate na Casa e continuar contribuindo para que a gestão estadual enfrente as adversidades”, disse. Ra­mos, por sua vez, avisou que o seu comando será pautado pela discussão de assuntos importantes a exemplo a questão previdenciária. O comando da Comissão de Finanças, Orçamento e Tributação (CFOT) será chancelado amanhã.

Ainda na terça (7), foram definidos os nomes de Claudiano Martins Filho (PP), Simone Santana (PSB), Aluísio Lessa (PSB), Beto Accioly (PSL), Rogério Leão (PR) e Francismar Pontes (PSB), respectivamente, para Agricultura, Defesa da Mulher, Desenvolvimento Econômico, Esporte e Lazer, Negócios Municipais e Redação Final. Hoje, os deputados voltando a discussão para fechar questão em torno dos no­mes para presidir as comissões de Educação, de Meio Ambiente, de Cidadania e de Assuntos Internacionais. Ao que tudo indica, a oposição ficará com educação, cidadania e assuntos internacionais. 

Veja também

Carreata no Recife pede impeachment de Bolsonaro e vacinação para todos
BLOG DA FOLHA

Carreata no Recife pede impeachment de Bolsonaro e vacinação para todos

Ex-assessora de Baleia Rossi é investigada por suspeita de caixa dois no interior de SP
DIRETÓRIO ESTADUAL

Ex-assessora de Baleia Rossi é investigada por suspeita de caixa dois no interior de SP