Política

Zambelli quer permitir exportação de vacinas em caso de incompetência do poder público

Deputada criticou "má gestão" da epidemia por governadores e prefeitos em projeto de lei

Deputada Carla ZambelliDeputada Carla Zambelli - Foto: Cleia Viana / Câmara dos Deputados

A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) protocolou na Câmara um projeto de lei que autoriza a exportação de vacinas brasileiras contra a Covid-19 apenas depois que houver a imunização de toda a população. A proposta, porém, também prevê que unidades excedentes do imunizante sejam enviadas a outros países caso sua aplicação esteja paralisada ou comprometida por ação ou omissão do poder publico.

A parlamentar afirma que, embora creia "piamente no livre mercado", a crise sanitária exige uma medida como essa para "mitigar parcialmente o poder da iniciativa privada de livre comercialização internacional das vacinas fabricadas e produzidas em solo pátrio, apenas até que seja suprida a demanda nacional".

Em sua justificativa para a apresentação do projeto de lei, Zambelli não explica em quais termos ocorreria a exportação de vacinas em caso de omissão do poder público, mas critica a "má gestão" da epidemia por governadores e prefeitos.

"Alguns chefes dos Executivos estaduais e municipais do Brasil afora, seja por má gestão dos bilhões de reais destinados pelo governo federal, seja por falta de sabedoria na escolha das regras de isolamento social, colaboram, infelizmente, ainda que de forma por vezes não intencional, com um agravamento da crise social ora enfrentada", afirma.

Isso ocorreria, de acordo com a deputada bolsonarista, "apesar de todos os reais, valiosos e voluptuosos esforços envidados pelo governo federal no combate à pandemia do novo coronavírus".

Veja também

Omar Aziz, Randolfe Rodrigues e Renan vão comandar CPI da Pandemia
CPI do Covid-19

Omar Aziz, Randolfe Rodrigues e Renan vão comandar CPI da Pandemia

Acordo para Omar Aziz presidir CPI da Covid e Renan assumir relatoria avança no Senado
Política

Acordo para Omar Aziz presidir CPI da Covid e Renan assumir relatoria avança no Senado