CANAL SAÚDE

A saúde dos rins

De acordo com a Sociedade Brasileira de Nefrologia, anualmente, cerca de 21 mil brasileiros precisam iniciar tratamento por hemodiálise ou diálise peritoneal

Foto: freepik.com/ ibrandify

As doenças renais são habitualmente silenciosas até estágios mais avançados da evolução. Então, pessoas que tenham fatores de risco para Doença Renal Crônica, elas precisam entender e fazer os exames de avaliação do funcionamento dos rins, que na maioria das vezes são a dosagem da creatinina no sangue e a pesquisa de albumina na urina.

Doença Renal Crônica é uma condição em que existe algum dano para o funcionamento dos rins e que pode se refletir tanto por uma perda do percentual de função renal ou por conta de uma alteração de perda de alguma substância na urina que não devia ser perdida. Em estágios mais avançados, o rim pode paralisar e ser necessário um procedimento de diálise ou mesmo um transplante.

A saúde dos rins está diretamente relacionada à alimentação e ao controle de outras doenças crônicas, como diabetes e hipertensão.

E qual seria a importância dos rins? Os rins são os órgãos que têm como principal função fazer a filtragem do sangue para eliminar o excesso de impurezas, ureia, potássio, acidez no sangue, excesso de sal da alimentação, e também regulam a quantidade de líquido do corpo, para que a gente não fique com um estado de sobrecarga de líquido, além de preservar o líquido do corpo em momentos que a gente está precisando fazer uma restrição, como em dias muito quentes. O rim ainda tem outras funções, como função hormonal, na produção de eritropoetina, para controle de anemia, e também é importante no metabolismo dos ossos. Mas para falar mais sobre o assunto, Jota Batista, âncora da Rádio Folha 96,7 FM, conversou com o Médico nefrologista do Real Hospital Português, Saulo Alencar.
 
 

Médico nefrologista, Saulo Alencar. Foto: Divulgação


O especialista começa alertando para os cuidados com nossos rins

 
"Neste mês de março temos a comemoração do dia mundial do rim, e é sempre bom a gente falar da questão da saúde renal justamente porque a doença renal, ela é igual a pressão alta, na maioria das vezes é silenciosa, isso quer dizer que a pessoa pode ter doença renal, inclusive em fases avançadas de doença renal e funcionando muito pouco com pouca capacidade de filtrar o sangue e não saber, então a gente precisa rastrear idealmente aquelas pessoas que têm algum fator de risco, especialmente diabetes, pressão alta, cálculos renais, histórico familiar de doença renal, aí então a gente deve fazer a indicação do exame da creatinina no sangue e a pesquisa da proteína albumina na urina e a gente deve fazer idealmente pelo menos uma vez por ano esses exames, a depender de outros fatores de risco ou de como as taxas estejam”
 

 

O nefrologista também detalhou doenças que podem afetar a função dos rins

 

 
“O rim costuma ser um espelho de como está a saúde. Claro que tem doenças que vão primariamente comprometer a função dos rins, mas doenças como diabetes, hipertensão e obesidade, por exemplo, que são doenças altamente comuns na população. Da mesma forma que elas podem levar um problema no coração e dar um infarto, por exemplo, elas podem levar a complicações nos rins e diminuir a capacidade de filtrar o sangue corretamente e o que que é contra o intuitivo para as pessoas é que às vezes a pessoa está urinando bem, tem uma quantidade boa de xixi, mas essa urina não é uma urina que é capaz de eliminar as impurezas do corpo. E geralmente as pessoas não tem muitos sintomas, é aí onde tá a casca de banana do rim é que somente nas fases mais avançadas da doença quando o órgão está funcionando 15% a 30%, é quando na maioria das vezes os sintomas começam a aparecer”
 
 


Ficou interessado? Ouça o podcast completo acessando o player abaixo.
 

 

Veja também

 Prêmio Mulheres Pérolas Negras 2024 vai ser entregue nesta terça,16
MULHER

Prêmio Mulheres Pérolas Negras 2024 vai ser entregue nesta terça,16

Maison 17, espaço coletivo que reúne arte e moda, é reinaugurado em Casa Forte
INAUGURAÇÃO

Maison 17, espaço coletivo que reúne arte e moda, é reinaugurado em Casa Forte

Newsletter