MEDICINA

Captação de coração para transplante mobiliza UPE e SDS em esquema especial

A estratégia realizada na última quinta-feira (18) garantiu que o coração chegasse em tempo hábil e seguro nas mãos da equipe do PROCAPE

Equipe médica na cirurgia de transplante do coraçãoEquipe médica na cirurgia de transplante do coração - Foto: Divulgação/Procape

Na noite da última quinta-feira (18/04), a Universidade de Pernambuco (UPE) e a Secretaria de Defesa Social (SDS) realizaram um esquema especial para a recepção e transplante de coração, efetivada no Pronto-Socorro Cardiológico Universitário de Pernambuco - Prof. Luiz Tavares (PROCAPE). A estratégia para a recepção do órgão foi elaborada pelo Grupamento Tático Aéreo (GTA), que recebeu a equipe na Base Aérea do Recife. O coração transplantado veio de Campina Grande, na Paraíba, por meio do avião da Força Aérea Brasileira (FAB), que pousou às 19h40. Em seguida, os membros da equipe e o material foram levados pelo helicóptero do GTA até o campus Santo Amaro da Universidade de Pernambuco (UPE), com pouso no campo da Escola Superior de Educação Física (ESEF) às 19h57. Os procedimentos médicos iniciaram por volta das 20h e foram concluídos às 2h da manhã dessa sexta, dia 19/04, com a coordenação cirúrgica do cardiologista Frederico Browne e coordenação clínica do cardiologista Eduardo Montenegro. A identidade do receptor não foi revelada.

Equipe da cirurgia do ProcapeEquipe de cirurgia do Procape

“A recepção de um órgão é um momento que exige um preparo grande e a colaboração de diferentes setores. A Secretaria de Defesa Social, através do Grupamento Tático Aéreo, tem colaborado conosco no transporte de órgãos para salvar vidas de pacientes em Pernambuco. Gostaria de agradecer a todos os envolvidos e a família do doador, que realizou um ato de amor em um momento tão difícil”, destacou o Prof. Ricardo Lima, Gestor-executivo do PROCAPE.  

O tempo torna-se o principal desafio quando se trata de transplante e um percurso de mais de 18 quilômetros, que levaria em torno de 40 minutos por terra, foi cumprido pelo GTA em apenas 5, tempo hábil e seguro para a realização do procedimento. “Fomos logo informados que se o tempo ultrapassasse 30 minutos, o coração não teria resistido”, relembra o comandante do GTA, cel Câmara Junior. "Não tem preço saber que estamos sendo a ponte para que não só uma, como várias vidas sejam salvas e voltem a ter esperança. E saber que o paciente está bem e com o coração batendo forte, não tem palavras que descrevam", completa o comandante que agradece e parabeniza toda a equipe envolvida.

"A captação e transplante de um coração demanda, muitas vezes, uma integração logística que busca um intervalo de tempo idealmente menor do que 4 horas, a contar de sua última batida no doador e recuperação dos batimentos no receptor. Assim, integrações entre aviões e helicópteros podem ser necessárias para que este órgão possa ser utilizado. No entanto, nada disso seria possível se não fosse o ato de doação. Cada doação é o renascimento da esperança de outras pessoas. Somos todos imensamente gratos ao doador e sua família. Agradecemos também a todos os envolvidos, como o Grupamento Tático Aéreo, Central de Transplantes Nacional, da Paraíba e de Pernambuco, Força Aérea Brasileira FAB, junto ao PROCAPE e UPE na realização de mais uma operação em prol da vida", pontuou o médico do PROCAPE, Frederico Browne.

A Universidade de Pernambuco, através do seu Complexo Hospitalar, tem atuado junto a diferentes instituições nas ações que possam contribuir com o aumento da doação de órgãos no Estado. “Quero parabenizar os servidores do PROCAPE pelo trabalho realizado durante a noite, com mais um transplante de coração 100% SUS em Pernambuco. Também agradeço a SDS pela parceria e a família do doador, pelo ato de altruísmo que é a doação de órgãos”, relatou a Profa. Socorro Cavalcanti, Reitora da UPE.

Desde o 1° transplante no PROCAPE, em 28 junho de 2022, já foram realizados 7 transplantes na instituição. Atualmente a instituição está ampliando a sua capacidade de cirurgias.

Veja também

Tropa do Balacobaco dá sequência à busca por lendas sertanejas, em Bodocó
TEATRO

Tropa do Balacobaco dá sequência à busca por lendas sertanejas, em Bodocó

Fim de semana de cinema gratuito em São Lourenço da Mata
CINEMA

Fim de semana de cinema gratuito em São Lourenço da Mata

Newsletter