Codecipe pede doações para vítimas das chuvas

Coordenador da autarquia confirmou ajuda do governo federal em obras preventivas

Vários pontos de arrecadação estão espalhados pelo RecifeVários pontos de arrecadação estão espalhados pelo Recife - Foto: Andressa Moreira/Palácio Piratini

A população da Zona da Mata Sul e do Agreste pernambucano, vivenciam um sentimento de desespero. Situação já vivida pelas pessoas na enchente ocorrida em Pernambuco, no ano de 2010. A preocupação é maior nas cidades de Palmares e Barreiros, maiores vítimas daquele fenômeno natural, que deixou 20 mortos e quase 30 mil desabrigados.
Após as fortes chuvas nessas localidades, no último fim de semana, o governador do estado, Paulo Câmara, decretou estado de calamidade pública, além de instalar o Gabinete de Crises, para monitorar a situação dos municípios atingidos.
Em entrevista ao programa Jota Ferreira Agora, da Rádio Folha (96,7 FM), o coordenador da Codecipe (Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco), o tenente coronel Luiz Augusto, atualizou o número de municípios pernambucanos em estado de calamidade pública, que anteriormente era de 13, passando para 15 cidades.
O tenente coronel também fez um apelo para quem for ajudar as pessoas atingidas, doe alimentos para serem consumidos de imediato. "Nesse primeiro momento a gente vai estar arrecadando gêneros de primeiro consumo. Biscoito, leite em pó, água mineral, bolacha... Eles vão compor uma cesta de pronto consumo". Ele ainda disse que nesse momento não sejam doados itens como roupas, calçados, e alimentos que necessitem de cozimento. "Esses kit´s que, normalmente, as pessoas levam de roupas, calçados, feijão, arroz, macarrão, que são materiais que precisam de um cozimento, nesse primeiro momento a gente não vai necessitar deles", finalizou o coronel.
Quem desejar ajudar a população dos municípios atingidos, deve levar as doações ao Quartel de Comando Geral da Polícia Militar, no Derby, e ao Quartel do Corpo de Bombeiros, na Avenida João de Barros. Para entrar em contato com a Codecipe, a população pode acionar o número de emergência 199 ou ligar para o telefone 3181-2490.

Outros pontos de arrecadação 

Posto Shell On Time - Av. Conselheiro Rosa e Silva, Rosarinho; 

Porto Social - Rua Marquês de Amorim, Ilha do Leite;

Florense - Avenida Domingos Ferreira, 4180, Boa Viagem;

A3 Design - Avenida Conselheiro Aguiar, 1576, Boa Viagem;

Malakoff Café - Avenida Abdias de Carvalho, 1142, Prado;

Spa das Sobrancelhas - Avenida Carlos de Lima Cavalcanti, 2821, Casa Caiada;

Sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PE) - Rua Imperador Pedro II, 235, Bairro de Santo Antônio;

Sede da Caixa de Assistência dos Advogados de Pernambuco (Caape) - Rua Rui Calaça, 54, Espinheiro;

Lubienska Centro Educacional - Rua Paraguassu, 255, Torre 

 

Veja também

Moradores da Ilha de Santana, em Olinda, sofrem com falta de água
Folha na Comunidade

Moradores da Ilha de Santana, em Olinda, sofrem com falta de água

Peça escrita pelo ator Júlio César vai ao ar na Rádio Folha

Peça escrita pelo ator Júlio César vai ao ar na Rádio Folha