CULTURA

Cortejo no Centro do Recife abre o Festival Palco Giratório, nesta quinta-feira (16)

Serão 17 dias de programação para todos os públicos, com opções gratuitas e a preços populares

 Espetáculo Quatro Luas/Festival Palco Giratório Espetáculo Quatro Luas/Festival Palco Giratório - Foto: Morgana Narjara

A cultura toma conta das ruas do Recife a partir desta quinta-feira (16) com a chegada do Festival Palco Giratório, maior projeto de artes cênicas do país realizado pelo Sesc. Somando 46 espetáculos e expectativa de impactar mais de 11 mil pessoas ao longo de 17 dias, ele inicia programação gratuita com cortejo pelas ruas do bairro da Boa Vista e espetáculos no Teatro do Parque.

O cortejo tem saída prevista para as 16h30, tendo como ponto de partida a Rua da Imperatriz e seguindo  para o Teatro do Parque. O momento, que poderá ser acompanhado pelas pessoas, contará com apresentação itinerante de 15 grupos culturais locais: Orquestra Henrique Dias, Boi Marinho, Maracatu Nação Estrela Brilhante, Caboclinho 7 Flexas, quadrilhas juninas Arrocha o Nó, Balancê e Matutinho, Grupo de Teatro Padre Reginaldo Veloso, Ballet Andarilho, Fábrica Fazendo Arte, Grupo de Capoeira Legião, Orquestra de Música do Nac e Banda Marcial da Escola Municipal Antônio Farias Filho, Balé Popular do Recife, e o Grupo Nexto com a intervenção “Grande Prêmio Brasil”.

Após a chegada ao Teatro do Parque, o Festival continua pela noite da quinta-feira. Às 18h, no espaço Marco Zerinho, ambiente aberto do teatro, terá apresentação do Mestre Miro dos Bonecos, de Carpina (PE). Na sequência, às 19h30, terá a solenidade de abertura do evento e, em seguida, às 20h, sobe ao palco a história de uma das principais sambistas do Brasil com o espetáculo “Leci Brandão – na palma da mão”, do Grupo Palavra Z Produções Culturais (RJ), musical vencedor do Prêmio Shell na categoria Direção deste ano. 

Chegando a sua 26ª edição no cenário nacional e retornando ao Recife após 10 anos, com programação completa disponível no site (https://palcogiratorio.sescpe.com.br), o Festival Palco Giratório vai ocupar os teatros Capiba, Marco Camarotti, Hermilo Borba Filho, do Parque, Apolo, Santa Isabel e Luiz Mendonça. Também levará atividades para espaços alternativos, como Rede Moinho da Ilha, O Poste, Teatro André Filho (Cia Fiandeiros) e Espaço Cênicas, além de lugares abertos ao público, como a Praça do Campo Santo, no bairro de Santo Amaro. Os ingressos custam entre R$15 e R$30 + taxa.

Ao todo, serão 30 peças pernambucanas no palco e mais 16 nacionais, vindas de diversos estados brasileiros e do Distrito Federal, pautando debates sobre intergeracionalidade, a negritude, a acessibilidade e a inclusão. Para o público infantil, as opções giram em torno de espetáculos com elementos de musicalidade e trazendo temas como consciência ambiental, autismo, como lidar com os sentimentos e outros, sempre guiados pela ludicidade. Serão 14 espetáculos voltados para este público. Ao longo do ano, o Palco Giratório se transforma em um circuito que roda o estado levando 9 espetáculos aos municípios de Araripina, Arcoverde, Caruaru, Garanhuns, Goiana, Jaboatão dos Guararapes, São Lourenço da Mata e Petrolina. 

Veja também

Encontro nacional de semideuses reúne fãs da saga Percy Jackson neste domingo
EVENTO

Encontro nacional de semideuses reúne fãs da saga Percy Jackson neste domingo

Márcia Pequeno revela o rock que tem no forró em show no Teatro Apolo
SHOW

Márcia Pequeno revela o rock que tem no forró em show no Teatro Apolo

Newsletter