RADIOTEATRO

Dom Casmurro, de Machado de Assis, apresentado na Rádio Folha FM

Peça foi adaptada pelo escritor Moisés Neto, de um dos principais romances machadianos

Na foto (de Marise Rodrigues), Patrícia Breda e Moisés NetoNa foto (de Marise Rodrigues), Patrícia Breda e Moisés Neto - Foto:

Um dos mais queridos livros da literatura brasileira, Dom Casmurro, de Machado de Assis, publicado em 1899, é apresentado, em formato de radioteatro, na Rádio Folha FM, com adaptação e direção do dramaturgo Moisés Monteiro de Melo Neto. O autor, que é diretor de teatro, escritor e ator, já disponibilizou e dirigiu várias peças neste projeto da Rádio Folha FM 96,7, ao lado da atriz e jornalista Patrícia Breda. O livro é narrado em primeira pessoa, por um advogado que acusa a esposa (Capitu) de adultério. Patriarcalismo ou paranoia contra impulso de infidelidade? A Rádio Folha vai levar essa polêmica ao ar, no espaço do radioteatro nessa sexta-feira, (13), às 17h. Pode ser acompanhada pelo dial 96,7 FM ou pela internet, no endereço radiofolhape. Esta semana excepcionalmente não haverá reprise da peça no domingo, devido às eleições que acontecem naquele dia.

Enredo 
Com enredo calcado no ciúme, o texto descortina um mundo em que o poder patriarcal é absoluto e destrutivo. O pequeno grupo familiar (parentes e dependentes), que a obra de Machado engendra, capta e representa aspectos da realidade social e humana: O homem egoísta e descompromissado atuando no palco da vida social. O enigma de Capitu equivale ao nosso sorriso da Mona Lisa: traiu ou não o marido com o melhor amigo dele? O ciúme é um afeto que participa da construção do sujeito, mas há mecanismos neuróticos nele, reprimi-lo ou não? O medo da perda do objeto ou a raiva daquele que pode roubar o objeto, leva muitos a atitudes cruéis. É o caso de Bentinho, do livro Dom Casmurro, usualmente aplicado nas aulas do Ensino Médio e objeto de estudo com crítica imensa no Superior.

Elenco
No elenco a âncora da Rádio Folha, atriz e jornalista Patrícia Breda, no papel de Capitu; Moisés Neto, assume o papel do jovem Bentinho; o jornalista da Folha de Pernambuco, Anderson Bandeira, interpreta Ezequiel; a gerente da emissora, Marise Rodrigues, faz a Prima Justina; o apresentador Jota Ferreira, é José Dias. Os jornalista convidados Marcos Toledo, no papel de Escibar, e Jacielma Cristina, como Sancha. O ator Douglas Duan é Narrador e Bento, o velho Casmurro. Na sonoplastia, o operador de áudio da emissora, Anderson Ricardo.

Veja também

Canal em Olinda tira sossego de moradores
Folha na Comunidade

Canal em Olinda tira sossego de moradores

Rádio Folha faz homenagem a Chico Science em espaço do radioteatro
RADIONOVELA

Rádio Folha faz homenagem a Chico Science em espaço do radioteatro