A-A+

Joaquim Francisco ressalta propostas de Bolsonaro

O ex-governador reforçou apoio ao candidato do PSL e ressaltou suas propostas de reforma fiscal.

Joaquim Francisco participou do Folha PolíticaJoaquim Francisco participou do Folha Política - Foto: Arthur de Souza

Voz constantemente consultada dentro do PSDB, o ex-governador Joaquim Francisco, que preside o Instituto Teotônio Vilela, foi entrevistado na Rádio Folha FM, durante o Folha Política desta quinta-feira (25). Ele fez uma análise da reta final de campanha para o 2º turno das eleições presidenciais. “O momento está turbulento. Mas, eu espero que na segunda-feira, 29 de outubro, os brasileiros se desarmem”.

Radical de centro

“Sempre me posicionei como um radical de centro. A virtude e o equilíbrio estão no meio. O Brasil precisa de alguém de centro. Menos da metade do mundo vive em regime democrático e isso precisa ser levado em conta”.

Críticas ao PT

“O povo cansou do PT. Veja que depois de Dom Pedro, quem mais ficou no poder no Brasil foi o PT. Foram muitas promessas e discursos heroicos. E o povo cansou. Haddad, que renegava religião, de uma hora para outra passou a ser a verdade e a vida. Isso chega a ser irônico”, criticou. 

Apoio a Bolsonaro

Joaquim Francisco justificou seu apoio ao candidato Jair Bolsonaro (PSL). “Ele fala abertamente em propostas de reformas. Precisam ser tomadas de forma urgente. Precisa também de tolerância zero em termos de violência. Nestes assuntos, Bolsonaro tem propostas dentro da legitimidade e possíveis de aplicação”, aponta.

Governabilidade

Joaquim foi questionado pelo apresentador Jota Batista sobre a governabilidade de Jair Bolsonaro, caso eleito. "Bolsonaro vai administrar, em caso de vitória, com a atuação da cláusula de barreira. Isso vai diminuir a quantidade e a influência dos partidos. Isso deve facilitar a relação dele com o parlamento", respondeu.  

 

Veja também

Noemy Gomes fala do aumento de quase 60% no transplante de órgãos em Pernambuco
CANAL SAÚDE

Noemy Gomes fala do aumento de quase 60% no transplante de órgãos em Pernambuco

Expressões populares carregadas de preconceitos é tema do Resgatando a Cidadania
Resgatando a Cidadania

Expressões populares carregadas de preconceitos é tema do Resgatando a Cidadania