Luciano Vásquez faz críticas a posicionamento de Paulo Câmara

Vice-presidente estadual do PSB cobra mudanças no partido

Silvio Costa Filho (PRB)Silvio Costa Filho (PRB) - Foto: Divulgação

O vice-presidente do Partido Socialista Brasileiro em Pernambuco, Luciano Vásquez, demitido do cargo de diretor de Relações Institucionais de Suape, por ter feito críticas ao posicionamento do partido em relação à candidatura de Raquel Lyra, em Caruaru, participou, nesta segunda-feira (7), do programa Folha Política, da Rádio Folha FM.

Questionado pelo apresentador Jota Batista e pelo jornalista Márcio Didier, ele afirmou que vai continuar fazendo política e honrando a história que construiu até hoje. “Eu servi a três governadores (Miguel Arraes, Eduardo Campos e João Lyra Neto), que tiveram muita deferência comigo. Se esse atual não teve, isso é ele quem vai responder mais à frente. E o futuro é que vai dizer quem estava certo e quem estava errado”, disparou.

Vásquez não poupou críticas ao comportamento do governador Paulo Câmara durante as eleições municipais, indo a alguns municípios fazer campanha para candidatos adversários ao próprio partido. Para ele, “isso é falta de militância partidária, política e orgânica, coisa natural de quem está aprendendo. Ele fez as escolhas dele, nós fizemos as nossas”.

Luciano Vásquez também afirmou que não vai sair do PSB e que vai tentar mudar o partido, pregando o diálogo, ao visitar o estado todo, conversando com as lideranças,
que, segundo ele, não têm, hoje, a chance de serem ouvidas pela direção socialista.

Veja também

Maciel Melo aproveita a pandemia para fazer novas composições; outra entrevista
Música

Maciel Melo aproveita a pandemia para fazer novas composições; outra entrevista

Rádio Folha FM apresenta peça radiofônica escrita por Cícero Belmar
Radionovela

Rádio Folha FM apresenta peça radiofônica escrita por Cícero Belmar