Radionovela

Mulher no Cangaço é tema de radioteatro na Rádio Folha FM

A vida dura da caatinga sob a ótica feminina em peça de Patrícia Breda

Mulheres no CangaçoMulheres no Cangaço - Foto: divulgação

Com a peça radiofônica “Mulher, Cangaço e Poder”, escrito pela âncora da Rádio Folha FM-96,7, Patrícia Breda, o espaço de radioteatro da emissora dá sequência, esta semana, à série usando a temática do Sertão e o Cangaço. O texto procura mostrar como seria o dia a dia das mulheres que acompanharam os cangaceiros pelo Sertão nordestino. A trama, interpretada só por mulheres, conta com várias convidadas, como a cantora Adriana B; a radialista Lina Fernandes; e as atrizes Rafaela Quintino e Daniela Câmara.

‘Mulher, Cangaço e Poder”, será apresentado nessa sexta-feira (10), às 17h, No Momento Cultural  e reprisado no domingo (12), às 11h, dentro do programa “O Melhor da Música.” 

A trama, no meio da Caatinga, aborda um encontro de Maria Bonita e Dadá, as famosas companheiras de Lampião e Corisco, respectivamente, em ajuda a “Moça”, uma outra cangaceira, em difícil trabalho de parto. Há ainda “aparição” da vaqueira cangaceira Anesia Adelaide, personagem que supostamente viveu em Jequié, Bahia, e que teria sido a primeira mulher no Cangaço, liderando, inclusive, seu próprio bando. Também se destaca no episódio dessa semana a história de Bárbara de Alencar, primeira presa política do Brasil, que participou da Revolução de 1817, no Crato (CE), e da Confederação do Equador.

Elenco
No elenco, entre as convidadas estão a atriz Rafaela Quintino, que faz o papel de Nenem; a cantora, compositora e produtora cultural Adriana B, que faz a cangaceira Dadá; a radialista Lina Fernandes, da diretoria de Rádio e TV da Prefeitura do Recife, que é Maria Bonita; e a atriz Daniela Câmara, interpretando Moça. Da equipe da própria Folha, estão Vivane Costa, do Departamento Comercial da Folha de Pernambuco, que interpreta Inacinha; a gerente da Rádio Folha, Marise Rodrigues, dá vida a Bárbara de Alencar, e Patrícia Breda, a âncora da emissora, interpreta a Vaqueira Cangaceira, além de ser a autora e diretora da peça. A sonoplastia e edição ficam por conta do operador de áudio da emissora, Anderson Ricardo.

O radioteatro da Folha FM pode ser acompanhado pelo dial 96,7 ou pela internet, neste site. As produções radiofônicas da Rádio Folha FM podem ser encontradas, também, no podcast FolhaPE

Veja também

Mioma atinge mais da metade das mulheres entre 20 e 45 anos
Canal Saúde

Mioma atinge mais da metade das mulheres entre 20 e 45 anos

Programa Sextou chega ao número 100; ouça
RÁDIO FOLHA

Programa Sextou chega ao número 100; ouça