Radionovela

Rádio Folha FM apresenta peça radiofônica escrita por Cícero Belmar

O rádioteatro “As Rivais” é inspirada no livro “Umbilina” e trata do embate de uma sertaneja com a morte

SertãoSertão - Foto: Folha de Pernambuco/arquivo

Durante todo o mês de julho, a Rádio Folha veiculará uma série de peças radiofônicas, que tratam do sofrimento do povo sertanejo, passando pela força da mulher cangaceira e da vida de Lampião. Como já virou rotina, o público da emissora aguarda toda semana uma nova produção, que se espelha nas radionovelas da Era de Ouro do Rádio. A primeira da série será "As Rivais", que terá apresentação a partir das 17h dessa sexta-feira (3) e reprise no próximo domingo (5), às 11h, dentro do programa “O Melhor da Música". 

A peça é uma história surpreendente, que narra o embate entre Umbilina, uma sertaneja forte, e a sua rival: A Morte. O cenário é o Sertão nordestino e faz referências aos cordéis e seus personagens marcantes. A devoção do sertanejo, suas dificuldades no dia a dia, a fome, a seca, a esperança e a morte são elementos do romance “Umbilina e sua Grande Rival”, do escritor Cícero Belmar, que ocupa uma cadeira na Academia Pernambucana de Letras. Ele fez a adaptação de sua obra, vencedora do Prêmio Lucilo Varejão do Conselho Municipal de Cultura da Prefeitura do Recife em 2015, especialmente para ser apresentada em formato de peça radiofônica na Rádio Folha FM-96,7.

O elenco é formado por colaboradores da emissora. O comunicador Jota Ferreira faz a apresentação da história, como um vendedor de cordéis das feiras interioranas; a apresentadora Patrícia Breda é Umbilina; a gerente da Rádio, Marise Rodrigues, interpreta a Morte; Nossa Senhora das Dores e Ana Roxinha, personagem de cordel, ganham vida na voz da jornalista Jacielma Cristina; o operador de áudio Adiel Alves é Manoel da Caatingueira; o repórter Geraldo Moreira e o jornalista convidado Fernando Alvarenga são os Anjos; o operador de áudio Anderson Ricardo é José Maria Ventrojesus, além de ser o responsável pela sonoplastia e edição da radionovela.

Agenda
Nas próximas semanas, os ouvintes acompanharão as peças “Mulher, Cangaço e Poder”; “Maria Bonita Quer Casar”; “Lampião e seu Bando em Seriema” e “Maria Bonita”. Foi num mês de julho, exatamente no dia 28, Lampião, Maria Bonita e quase todo o bando do cangaceiro foram massacrados, no grota de Angicos, no Sertão sergipano, e suas cabeças foram expostas na pacata cidade alagoana de Piranhas, que hoje vive do turismo sustentado com a história de Lampião.

Veja também

A saga de Maria Bonita é tema de peça na Rádio Folha FM
RADIONOVELA

A saga de Maria Bonita é tema de peça na Rádio Folha FM

Uso incorreto do celular pode desenvolver a síndrome do pescoço de texto
Canal Saúde

Uso incorreto do celular pode desenvolver a síndrome do pescoço de texto