Radionovela sobre a vida de Padre Cícero será reapresentada na Folha FM

A obra é de Moisés Monteiro de Melo Neto, e foi adaptada para o rádio

O Julgamento de Padre Cícero- O Coração do EnigmaO Julgamento de Padre Cícero- O Coração do Enigma - Foto: Divulgação

Nesta sexta-feira (2), a Rádio Folha (96,7 FM) reapresentará a peça radiofônica: “O Julgamento de Padre Cícero - O Coração do Enigma”. A radionovela foi a primeira a ser veiculada no espaço em que a emissora abriu para resgatar a época de ouro do rádio pernambucano, no mês de novembro do ano passado. A produção irá ao ar a partir das 17h, no Momento Cultural.
O texto é de Moisés Monteiro de Melo Neto, Professor Doutor em Teoria da Literatura, ator, escritor premiado, pesquisador, que interpreta Padre Cícero, e conta com a participação do ator Douglas Duan, que interpreta o Inquisidor. A direção é de Rudimar Constâncio e retrata vários aspectos da vida de Padre Cícero Romão Batista, importante e polêmico líder religioso brasileiro, nascido no Ceará e que faleceu em 20 de julho de 1934, aos 90 anos de idade, em Juazeiro do Norte, cidade onde está sepultado, atraindo a cada ano milhares de romeiros, que a ele atribuem realizações de milagres.
Padre Cícero nunca obedeceu, como devia, aos repetidos Decretos do Santo Ofício a seu respeito e os de 4 de abril de 1894, declaravam falsos os pretensos milagres de Juazeiro e os apontava como “indigna comédia” e em 19 de fevereiro de 1897, impôs ao padre afastar-se de Juazeiro, sob pena de excomunhão, o que aconteceu pela Carta do Núncio Apostólico de 14 de abril de 1917, há 100 anos atrás. Em 1889, conta-se que, durante uma missa na igreja de Juazeiro (CE), a hóstia consagrada por ele transformou-se em sangue na boca de uma mulher. A partir daí foi considerado um “milagreiro”.
Desde o início, a Igreja Católica não concordou com os acontecimentos, considerando-o como místico e o proibindo-o de exercer o sacerdócio. Ele foi prefeito da cidade de Juazeiro por 15 anos. Morreu no ano de 1934, tornando-se uma das principais figuras religiosas da história do país e é considerado um santo, por muitas pessoas religiosas, principalmente do Nordeste brasileiro, mesmo não sendo reconhecido pela Igreja Católica Romana. Em dezembro de 2015, o papa Francisco, emitiu um documento perdoando Cícero pelas punições impostas pela Igreja entre os anos de 1892 e 1926, e, esta forma, possibilitou sua reabilitação do padre Cícero Romão Batista dentro da Igreja Católica.
A radionovela será reprisada às 11h do próximo domingo (4), dentro do programa "O Melhor da Música", comandado por Patrícia Breda.

Veja também

Moradores da Ilha de Santana, em Olinda, sofrem com falta de água
Folha na Comunidade

Moradores da Ilha de Santana, em Olinda, sofrem com falta de água

Peça escrita pelo ator Júlio César vai ao ar na Rádio Folha

Peça escrita pelo ator Júlio César vai ao ar na Rádio Folha