A-A+

Terror e suspense na nova produção da Rádio Folha FM

“A Morte Tem Olhos Azuis” foi escrita por Jota Ferreira

Agares, demônio que aterroriza na radionovela Agares, demônio que aterroriza na radionovela  - Foto: Reprodução

A Rádio Folha FM, 96,7, está de vento em poupa na produção de folhetins radiofônicos, que vem conquistando os ouvintes. A proposta inicial , segundo a gerente da emissora, Marise Rodrigues, era resgatar o “glamour” da época das novelas de rádio que tanto sucesso alcançou na década de 60. Agora, os ouvintes ficam na expectativa aguardando o próximo folhetim! E o entusiasmo dos “rádios atores”, radialistas e jornalistas da emissora e do Jornal Folha de Pernambuco é tanto que todos querem uma oportunidade para “encenar” um personagem.

Esta semana será veiculado mais um ‘conto de assombração’: A história “A Morte tem Olhos Azuis”, oitava produção de Jota Ferreira, retrata fatos e situações supostamente vividos por uma família de pequenos agricultores, residentes na zona rural do município de São Caetano, no Agreste Pernambucano. O chefe da família, “seu” Celestino, idoso, de 70 anos; sua mulher, dona Maria Benedita, 63 anos e os filhos, Antônio de 35 anos e Feliciano, 43 anos. Este último, vivia fora, estudando para ser padre. Formado em Teologia, Feliciano, ordenado padre, decidiu estudar os “mistérios do sobrenatural”. Profundo conhecedor das “legiões de demônios” e das possessões demoníacas, ele se tornou um “exorcista”, contrariando as normas estabelecidas pela Igreja Católica. Em vista disso, teve sua condição de “vigário” suspensa.

Ao regressar para sua humilde casa, acreditando estar livre desse “combate infernal”, o ex-padre, Feliciano, foi perseguido por um demônio chamado “AGARES”, membro de uma legião composta de sete espíritos obsessores, também considerados os “príncipes do inferno”, sob o comando de Lúcifer. “Agares” é um demônio que se caracteriza como uma bela mulher, loura, de olhos azuis ou por um velhinho, aparentemente pacato. Seu objetivo é destruir, matar, o ex-padre, Feliciano! Será que vai conseguir? Acompanhe essa história. Você vai gostar. 

No elenco o comunicador Jota Ferreira é o Padre Feliciano; a Gerente da Rádio Folha Marise Rodrigues dá vida a Dona Benedita, mãe de Feliciano; Funcionário do Departamento de Vendas, Alexandro Pereira interpreta Antônio, irmão do exorcista; a âncora Patrícia Breda dá vida a Agares e Sofia; o Radialista Neneo de Carvalho faz a narração do episódio que tem edição e sonoplastia de Anderson Ricardo. A direção do elenco é de Jota Ferreira.

O radioteatro da Folha FM, 96,7, é veiculado semanalmente, às sextas-feiras, no “Momento Cultural”, às 17h, com reprise no programa “O Melhor da Música”, às 11h. Mas, devida a cobertura do segundo turno das eleições deste ano, não terá a reprise neste domingo (28). 

Veja também

Expressões populares carregadas de preconceitos é tema do Resgatando a Cidadania
Resgatando a Cidadania

Expressões populares carregadas de preconceitos é tema do Resgatando a Cidadania

Neurologista Renata Andrade confirma que existe prevenção para o Alzheimer
FOLHA NOTÍCIAS

Neurologista Renata Andrade confirma que existe prevenção para o Alzheimer