Nutrição

A riqueza nutricional da batata-doce

Nutricionista revela os benefícios da tradicional raiz

Batata-doceBatata-doce - Foto: Auntmasako/Pixabay

Sem dúvida alguma, a batata-doce é um dos alimentos preferidos dos nordestinos, servida como purê, assada no forno, cozida, ou ainda dentro da massa de pães e bolos. Essa raiz nutritiva, levemente adocicada, pode ser encontrada em vários tamanhos e cores, como laranja, branca e roxa. Além disso, a batata-doce é rica em vitaminas A, B5, riboflavina, niacina, tiamina e carotenoides, proporcionando vários benefícios à saúde.

De acordo com a nutricionista Adriana Stavro, o consumo do ingrediente melhora o sistema imunológico, já que sua polpa é uma das fontes naturais mais ricas de betacaroteno, um composto que é convertido em vitamina A, fundamental para o sistema imunológico e para o revestimento do intestino. “O intestino é onde o corpo é exposto a muitos patógenos potencialmente causadores de doenças. Portanto, cuidar dele é importante para imunidade”, disse. Estudos demonstraram que a deficiência de vitamina A aumenta a inflamação intestinal.

Regulador de peso

A batata-doce contém fibras solúveis que aumentam a saciedade e oferecem ao corpo um mecanismo natural e autossustentável para a regulação do peso, ou seja, o alimento auxilia na perda de peso. “Estudos mostraram que uma das principais fibras dietéticas da raiz, a pectina, é eficaz na redução da ingestão de alimentos, redução do ganho de peso e aumento da atividade dos hormônios da saciedade”, explica Adriana.

“A cor laranja da batata-doce vem de um antioxidante chamado betacaroteno, que é convertido em vitamina A, que ajuda a restaurar a elasticidade da pele, promove a renovação das células mortas e contribui para uma pele macia e com aparência saudável. A batata-doce também é rica em vitaminas C e E, ambas muito importantes para manter a cútis saudável, brilhante e flexível”, detalha Adriana sobre as propriedades do tubérculo que auxiliam na beleza da pele.

A riqueza da vitamina A

A vitamina A também é um nutriente importante na nossa saúde ocular, prevenindo olhos secos, cegueira noturna e infecções oculares. “É usado para formar receptores detectores de luz dentro dos olhos. A deficiência severa de vitamina A é uma preocupação nos países em desenvolvimento e pode levar a um tipo especial de cegueira conhecida como xeroftalmia.”, afirmou a nutricionista.

Adriana ainda chama a atenção para pesquisas e estudos que sugerem que antioxidantes presentes na casca da batata-doce roxa, podem reduzir o risco de câncer. “Para obter o máximo de nutrição das batatas não descasque, apenas esfregue e lave bem antes de cozinhar. Os antioxidantes ajudam a reduzir o estresse oxidativo, reduzindo a inflamação, consequentemente reduzindo o risco de doenças inflamatórias, como câncer, doenças cardíacas e doenças autoimunes”, conclui.

Veja também

Um brinde: 6 de agosto é Dia Internacional da Cerveja
Cerveja

Um brinde: 6 de agosto é Dia Internacional da Cerveja

Veganismo na gestação
Nutrição

Veganismo na gestação