Adaptações sem limites invadem as cozinhas

Estabelecimentos apostam em releituras para sair do lugar comum

O cachorro-quente de coxinha também compõe o menu do Comadre CoxinhaO cachorro-quente de coxinha também compõe o menu do Comadre Coxinha - Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

A cozinha tradicional, seja africana, europeia, brasileira ou de qualquer parte do mundo, diz muito sobre a cultura do lugar onde ela surgiu e nos permite conhecer outro viés da região. Pelo mundo afora podemos encontrar todo tipo de comida, das tradicionais até diferentes releituras. Em parte, para atender à expectativa de um mercado que está sempre exigindo algo diferente ou para garantir destaque no ramo da gastronomia, pratos desconstruídos, criativos e inusitados também ganham espaço nos menus locais e na curiosidade do público. 

No Brasil, a coxinha de frango é aquele salgado que sempre acaba primeiro nas festinhas. Com origem incerta - há versões que apontam seu surgimento no interior de São Paulo, no século 19, como uma opção para fazer um filho bastardo da princesa Izabel se alimentar, bastantes curiosas, mas sem embasamento algum.
Mais provável que tenha nascido mesmo sabe onde? Na França! Em 1844, o papa da gastronomia clássica, Antonin Carême (1784-1833), descrevia em seu livro “L’Art de la Cuisine Française au XIXème Siécle - Traité des Entrées Chaudes” (1844), o preparo de croquette de poulet (croquete de frango), orientando moldá-la “em forme de poires” (no formato de peras). O salgado se espalhou para outros países e, dessa forma, teria desembarcado no Brasil por mãos portuguesas , virando paixão nacional.

Leia também:
Dia do Mar e uma pergunta: onde está o peixe fresco?
Empório Toque do Chef: sem conservantes

O quitute é tão amado por aqui que não há limites quando o assunto é sua ressignificação. O recheio mais popular é de frango desfiado, mas também é fácil encontrar com charque, carne de sol, bacon e bacalhau, opção não vai faltar.
O salgado também pode virar doce, é possível ver por aí coxinha de brigadeiro, doce de leite e goiabada. No melhor estilo “taca coxinha em tudo”, provando aquele ditado popular que diz que o brasileiro deve ser estudado pela NASA, no Comadre Coxinha, no bairro das Graças, já existe o chamado Burguexinha (R$ 10), a fusão de hambúrguer com coxinha feita na troca do pão pela massa da coxinha dividida pela carne e queijo. Mas a criatividade não acaba por aí. No estabelecimento também tem fondue (R$ 29,90) e cachorro-quente de coxinha (R$ 10). Ficou curioso? A lanchonete funciona de terça a domingo, das 16h às 21h.

Quem tem boca...

O espaguete à carbonara é outro exemplo de repaginada. Originado na Itália, país que é referência em massas, a receita leva gema de ovo e bacon no macarrão, mas, embora o prato pareça simples, demanda muita técnica e são poucos os que conseguem replicar exatamente como pede a tradição. As regras gastronômicas, porém, não impediram que o carbonara sobrevoasse novos territórios, ganhando versões com temperos e molhos diversos, substituindo até o porco por peito bovino ou ave.

Ainda sobre as massas italianas, a pizza é outro prato (o que mais sofre com variações) que pode ganhar diversos sabores e apresentações. Já a vemos no formato de cone, quadrada e deep dish. Por aqui, esta última ficou bastante hypada por ser alta e com o dobro de recheio (lembra uma torta). Algumas padarias e pizzarias já oferecem ais de uma opção de sabor na comida e até fazem uma fusão com o sashimi maçaricado e teriyaki, como é o caso da Forneria 1121, no bairro dos Aflitos, em Recife, que vende o disco gigante a partir de R$ 55. O menu da casa também enquadra uma desconstrução do prato, a Pizza Meat Balls, composto por almondegas de file mingnon envoltas na massa de pizza e gratinadas com mussarela e bacon crocante (R$ 32,90).

Nada melhor do que tomar um cafezinho na companhia daquele bolo de rolo pernambucano tão presente na cultura nordestina. As camadas finas com recheio de goiabada fazem parte da identidade original da sobremesa, vista também nas adaptações com doce de leite em seu interior e podendo ser encontrado nas maiorias das padarias do Recife. Mas se liga: Ainda que usem o termo “bolo de rolo” para falar sobre o recheio, o que define o prato, neste caso, é sua estrutura. Ele deve ser cilíndrico. Já o bolo naked cake, que pode ter o visual da iguaria de Pernambuco, é dividido em dois ou mais andares verticais entre recheios.

Parece, mas não é

Quem não é adepto ao vegetarianismo, no mínimo, deve ter algum amigo que seja. Segundo uma pesquisa realizada em maio de 2018 pelo Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (IBOPE), o número de vegetarianos no Brasil atinge a marca de 29 milhões de pessoas. O estilo de vida requer mudança nos hábitos alimentares, incluindo possibilidades criativas para driblar a proteína animal com uma alimentação saudável.

Uma das mais comuns é trocar a carne bovina pela de soja. Muitas empresas do ramo alimentício aderiram à opção vegetariana e vegana no cardápio, incluindo recheios de berinjela, caju e jaca, mas novidades sempre surgem para suprir esse tipo de demanda crescente. Nos últimos meses, por exemplo, o protagonista da vez foi o hambúrguer de planta da food tech Fazenda Futuro, vendido em lugares como Yankee Burguer e Greenmix, com proposta que imita a textura e o sabor da carne de boi mas, na verdade, é feita com proteína de ervilha, soja e grão-de-bico, além de beterraba.

O carpaccio também está na lista de receitas adaptadas. Originalmente, ele é composto por fatias finas de carne crua e costuma ser servido como petisco ou entrada. Uma opção leve e inusitada é trocar a carne pela melancia ou alguns legumes. O Manu Tenório Café também inova o prato dando espaço para a cenoura, o prato é feito com azeite, alho-poró, curry, cenoura, pimenta dedo de moça, pinholes, amêndoas e crostini.

Serviço:

Comadre Coxinha
Rua das Pernambucanas, 30, Graças
Informações: 99521.9503

Yankee Burguer
Rua Regueira Costa, 70, Rosarinho
Instagram: @yankeeburger.br

Greenmix
Av. Conselheiro Aguiar, 1044, Boa Viagem
Informações: 98290.0638

Forneria 1121Lab
Av. Herculano Bandeira, 287, Pina
Informações: 3277.6391

Veja também

Panda's Burguer chega na Zona Sul do Recife e promete conquistar a criançada
Hambúrguer

Panda's Burguer chega na Zona Sul do Recife e promete conquistar a criançada

Saiu do forno o livro de receitas oficial de Friends
Natal

Saiu do forno o livro de receitas oficial de Friends