Alimentação contra o AVC

Derrame cerebral acomete mais mulheres que homens em todo o mundo

Mais de 50 milhões de pessoas morrem anualmente no mundo inteiro, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). E o derrame cerebral, tecnicamente, AVC - Acidente Vascular Cerebral, ocupa o ranking das principais causas dessa estatística. Por que estamos falando sobre isso?

Porque em 29 de outubro é o Dia Mundial de Combate ao Acidente Vascular Cerebral e se sabe que o estilo de vida influencia bastante no surgimento do evento neurológico.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, cerca de 100 mil pessoas morrem todos os anos de AVC no Brasil, número superior ao total de mortes causadas por malária, tuberculose e AIDS juntas, sendo a terceira maior causa de óbito entre a população feminina.

Não somente em território nacional as mulheres sofrem mais com o AVC. Segundo a Associação Norte-americana do Coração, mulheres de todas as idades correm mais riscos de ter um acidente vascular cerebral do que os homens porque sofrem mais frequentemente com enxaquecas, depressão, diabetes e arritmia cardíaca - todos fatores de risco.

No que diz respeito à prevenção, evitar os fatores de risco e adotar um estilo de vida saudável é fundamental. A alimentação é parte importante nesse processo e alguns alimentos podem blindar o cérebro contra o episódio, que costuma deixar sequelas motoras e de cognição. Conheça alguns dos ingredientes que fazem um bem danado.

Leia também
Mais saúde na festa de criança

Comida contra AVC

BRÓCOLIS

Tem bons níveis de vitaminas do complexo B, antioxidantes e magnésio, além de vitaminas A, C, K, ácido fólico, cálcio, ferro, fósforo e potássio. Assim como o agrião, rúcula e outros vegetais verde escuros, é um ótimo para quem tem enxaqueca

OVO
Rico em vitaminas do complexo B (principalmente B1, B2, B3, B5, B9 e B12), ajuda no combate de dores de cabeça e enxaqueca. Ainda ajuda no desenvolvimento da musculatura e na melhora da saúde dos olhos

CENOURA
Fonte de antioxidantes, ajuda no combate às dores de cabeça

GENGIBRE
Atua como analgésico e como anti-inflamatório natural, que ajuda no combate a enxaquecas, dores causadas por artrite e dores musculares

AZEITE
Por ser rico em antioxidantes e vitamina E, auxilia no combate às dores de cabeça porque é capaz de melhorar a circulação, reduzir a inflamação e equilibrar os níveis hormonais. Outras boas fontes são as castanhas, manteiga de amendoim, óleo de canola e sementes

MELÃO
Rico em potássio, que está relacionado com o relaxamento muscular,a fruta ajuda a evitar dores nos músculos - a banana também apresenta essa substância, mas no melão o potássio pode ser encontrado em maior quantidade

ÓLEO DE PEIXE
Rico em ômega 3, nutriente benéfico para a saúde cardiovascular, o óleo de peixe tem o poder de aliviar dores nas costas, no pescoço e nas articulações, pois tem ação anti-inflamatória

Veja também

Sobremesa: prepare um petit gâteau de queijo de coalho
Receita

Sobremesa: prepare um petit gâteau de queijo de coalho

Comemore o Dia Nacional do Queijo atento às novidades da produção em Pernambuco
Gastronomia

Comemore o Dia Nacional do Queijo atento às novidades da produção em Pernambuco