Receita

Aprenda a fazer sunomono de salmão, uma das mais clássicas entradas da gastronomia japonesa

Pode até parecer muito simples, mas o preparo exige conhecimento e técnica

Sunomono de salmão do chef Rafael AndradeSunomono de salmão do chef Rafael Andrade - Foto: Artur Mota/Folha de Pernambuco

O sunomono é uma entradinha indispensável para abrir o apetite em uma refeição de sushi e muito apreciado pelos amantes da cozinha japonesa. Apesar de aparentar ser simples de fazer, o preparo exige conhecimento e técnica.

Que tal tentar fazer essa iguaria em casa para impressionar os amigos? Convidamos o chef Rafael Andrade (@chefrafaelandrade), sócio-proprietário do Munay Sushi Criativo (@munaysushi) para ensinar a receita e dar dicas sobre o preparo desse delicioso prato, o sunomono de salmão. Tome nota!


Sunomono de salmão
(Por chef Rafael Andrade)

Ingredientes

Molho base para sunomono: 
200ml de Vinagre 
150g de açúcar 
20ml de saquê mirin licoroso (opcional)
1/2 colher de chá de sal 
1/2 colher de chá de glutamato monossódico
1 pedaço de alga kombu 
50ml de shoyu ligth
Aparas de Nabo (opcional)

Modo de preparo:
Coloque tudo em uma panela e mexer bem até dissolver o açúcar. Quando estiver quase fervendo, desligue o fogo, espere esfriar e leve à geladeira.

Picles de pepino japonês:
1kg pepino japonês 
50g de sal 

Modo de preparo: 
Lavar bem os pepinos, fatiar e pulverizar o sal. Espere agir por 20 minutos para desidratar, lave o pepino e depois esprema com cuidado. Reidrate o pepino no molho base até cobrir as fatias.

Finalização:
200g de salmão em cubos 
150g do picles de pepino
10g de katsuobushi
Gergelim branco e preto torrado (a gosto)
Wasabi (a gosto)
Flor de mostarda (opcional)
Cebolinho (a gosto)
Para decorar:
Fores comestíveis 

Modo de preparo: 
Em uma tigela, misture o salmão com o picles de pepino e moa o gergelim torrado por cima. Mexa para incorporar tudo. Disponha o sunomono em um prato fundo. Em seguida, coloque o katsuobushi ou "flocos de bonito" (opcional). Finalize o prato com o cebolinha, folhas de  mostarda (opcional), flores comestíveis (opcional) e finalizando com um risco de wasabi no prato.
 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Folha de Pernambuco (@folhape)

Veja também

Zona Norte do Recife terá novo restaurante de comida asiática; conheça o futuro Omar
Gastronomia

Zona Norte do Recife terá novo restaurante de comida asiática; conheça o futuro Omar

Alberto Landgraf ruma para os seis anos do seu restaurante Oteque; confira entrevista exclusiva
ENTREVISTA

Alberto Landgraf ruma para os seis anos do seu restaurante Oteque; confira entrevista exclusiva