Saúde

Boa alimentação ajuda a combater a anemia

Ingredientes devem ser ricos em ferro, ácido fólico e vitaminas

O feijão está entre os itens  populares mais conhecidos contra a anemiaO feijão está entre os itens populares mais conhecidos contra a anemia - Foto: Reprodução

Uma das carências nutricionais mais conhecidas popularmente é a falta de ferro. Mas a anemia não é caracterizada pelas por esse tipo de ausência, mas também pela escassez de zinco, vitamina B12 e proteína. Sendo assim, a maneira de combater o problema não acontece apenas com a suplementação de uma única substância, mas de um conjunto de elementos.

 



Os sintomas iniciais podem começar tão leves, que passam despercebidos. No entanto, é possível sentir a evolução do quadro através de cansaço, sonolência e falta de apetite. Contexto que atinge 30% da população mundial, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), em especial crianças abaixo de dois anos e mulheres de diferentes faixas etárias, embora também possa ocorrer em homens e idosos. Além disso, estima-se que de 27% a 50% da população seja afetada pela deficiência de ferro, principalmente em populações com menor renda e desenvolvimento.

De acordo com o nutrólogo especialista em medicina preventiva, Humberto Arruda, durante a pandemia muitos de seus pacientes chegaram ao diagnóstico de anemia por deficiência de ferro, chamada anemia ferropriva, que representa cerca de 90% de todos os casos. ainda segundo o especialista, os sintomas podem evoluir para queda de cabelo, pele seca, unhas fracas e quebradiças, dificuldade para praticar exercícios e atividades rotineiras, tontura, sensação de desmaio, palidez cutânea,  dificuldade de concentração, lapsos de memória, baixa do libido e dores de cabeça.

“O  diagnóstico de anemia por falta de ferro é feito por meio de alguns exames de  laboratório, como o hemograma, onde observamos principalmente a quantidade de hemoglobina. Também solicitamos dosagem de ferro sérico, ferritina, transferrina e saturação da transferrina, pois todos eles vão nos ajudar a fechar o diagnóstico de anemia”, explica Humberto. 

Coloque no cardápio

Carnes
Uma das fontes animais mais ricas em ferro. Não apenas a vermelha, mas peixes, frangos e frutos do mar. O fígado bovino é uma fonte rica de ferro

Leguminosas 
O popular feijão segue na prioridade, por conta da concentração de ferro. Mas não se pode esquecer da lentilha, que é fonte de vitaminas, proteínas e fibras

Espinafre 
Fonte de ferro, cálcio e ácido fólico

Amaranto
Grão rico em ferro indicado na prevenção da anemia, também é fonte de proteína, ácidos graxos insaturados, fibras, vitaminas e minerais

Nozes e sementes
Castanha do Pará, castanha de caju, macadâmia e pistache

Couve
Ajuda a fortalecer e fixar o cálcio nos ossos e a regular o intestino, e é também conhecido como anti-inflamatório e cicatrizante

Alcachofra
Tem ferro, vitamina C, potássio e magnésio

Romã 
Além de ser fonte de ferro, também é rica em cálcio, potássio, vitamina A e vitaminas do complexo B

Veja também

Restaurante Pernambucano recebe selo El Espíritu de América Latina
Mundo

Restaurante Pernambucano recebe selo El Espíritu de América Latina

Área gastronômica prepara ofertas para a black friday
Black Friday

Área gastronômica prepara ofertas para a black friday