Saúde

Cresce o número de nutricionistas no meio virtual

As estratégias para incentivar a boa alimentação vão de dicas nas redes sociais até consultas remotas

Nutricionistas estão cada vez mais on-lineNutricionistas estão cada vez mais on-line - Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

A pandemia da Covid-19 chegou trazendo desafios inéditos. Diversos setores precisaram se adaptar a um novo normal para superar as dificuldades e continuarem ativos. Foi em meio a este cenário que os profissionais de nutrição aderiram ainda mais às redes sociais para se aproximarem de seus pacientes e conquistar novos.
 



Muitos nutricionistas já investiam na divulgação do trabalho na internet, principalmente no Instagram, considerado um potencial influenciador midiático. “Quem não usa rede social hoje está fora do jogo. Temos a responsabilidade de mostrar a verdade, e eu sou muito franco sobre o que funciona e o que não funciona. Todos nós deveríamos realmente ser verdadeiros, dar o exemplo, inspirar e motivar pessoas. Não devemos esquecer que do outro lado da tela tem um ser humano”, explicou o profissional de nutrição Rafael Gouveia.

A procura vem, na maioria dos casos, por dicas, receitas, motivações. Assuntos como emagrecimento e hipertrofia lideram disparados as curiosidades dos usuários. “Muitos assuntos geram engajamento, mas tem seguidores que já são familiarizados com o mundo da nutrição e se interessam por temas mais complexos, como alguns tipos de suplementação ou doenças como endometriose ou síndrome do ovário policístico”, contou o nutricionista Leonardo Pozza.

Para estabelecer um canal mais próximo com os pacientes, o Instagram, que costuma ser a rede social mais usada, tem um leque de ferramentas como enquetes, espaços para perguntas, lives e stories. A profissional Andréa Vasconcelos comentou que costuma organizar uma rotina para ter essa interação. “Aos domingos, coloco uma caixa de perguntas sobre tema livre ou específico e separo a segunda-feira para responder. Quando não consigo fazer, sou cobrada e eu adoro esse retorno”, comenta. 

Inclusive, algumas questões que surgem nessa dinâmica são transformadas em posts mais completos para o feed. “Com mais conteúdo, e exposto no meu feed, consegue sa­nar a dúvida de outras pessoas”, completou. Seja por vídeo, foto, ilus­trações, ou texto, este tipo de estra­tégia funciona muito para disse­minar a informação responsável. 

Além fazer o trabalho do nutricionista ser divulgado e, assim, conquistar futuros pacientes. “Tenho certeza que o profissional que vive o que prega se destaca e isso faz total diferença. Passa credibilidade, motiva e inspira muitas pessoas”, acrescentou Rafael, que também é Bodybuilding Coach.


Atendimento on-line
Em março de 2020, o Conselho Federal de Nutrição (CFN) normatizou a assistência nutricional por meio não presencial, estabelecendo a prática da teleconsulta durante toda a pandemia. A decisão foi uma medida excepcional, de acordo com a conjuntura atual, onde profissionais e pacientes precisam interagir e, obviamente, serem atendidos com segurança.

A consulta costuma funcionar da mesma maneira que a tradicional. A maioria dos profissionais realiza os atendimentos através softwares de nutrição. Estes aplicativos são bem completos e já vêm com uma opção de videoconferência.

Também há opções via Google Meet e Whatsapp. “Meus pacientes super se adaptaram. Ensinei algumas artimanhas para conseguir acompanhar o progresso deles além da balança, como observando suas roupas, fotos comparativas (lembrando que não podem ser postadas) ou fazendo a medida das circunferências”, explicou Vasconcelos.

Ainda assim, há quem não se acostume com o formato híbrido e prefira o contato olho no olho. “Tem pessoas que gostam da presença profissional, de ter aquele compromisso de ir pra consulta e mostrar resultado, de provar que tá fazendo tudo direito”, constatou Gouveia.

Das vantagens das teleconsultas, uma que se destaca é a flexibilidade para atendimento de pessoas de diversos locais do Brasil e mundo. Leo Pozza frisa o quão vantajoso é interagir com outras culturas. “É enriquecedor como profissional poder reproduzir e aprender sobre distintos costumes, adaptando o cardápio com os alimentos de cada lugar e levar saúde para cada vez mais pessoas”.

Veja também

Rede inspirada na gastronomia italiana chega ao Recife
Inauguração

Rede inspirada na gastronomia italiana chega ao Recife

Aprenda a preparar um bolo de milho cremoso light
Receita

Aprenda a preparar um bolo de milho cremoso light