Vinho

Dia Nacional do Vinho: mitos e verdades sobre a bebida

Entre tantos rótulos disponíveis, saiba diferenciar o que é real ou mito no mundo dos vinhos

Vinhos no mercado Vinhos no mercado  - Foto: Rana M /Pexels

Domingo (5) é Dia Nacional do Vinho. Um pretexto e tanto para conhecer mais desse universo, que sempre gera dúvidas. De olho nisso, Sandro Martins, da importadora de vinhos Wine To You, separou cinco mitos e verdades sobre algumas questões popularmente repetidas no dia a dia.

1.Vinhos com blend de uvas não possuem uma boa qualidade 

Mito. Existem ótimos vinhos que são produzidos com mais de uma uva. A diferença está em saber exatamente o que esperar da bebida. “Geralmente, os vinhos com uma única uva, chamados de varietais, possuem um sabor mais previsível se comparados aos vinhos com blend de uvas, que podem ser surpreendentes”, comenta Sandro.
 

2.Vinho faz bem para saúde 

Verdade. O vinho pode ajudar a prevenir doenças, como problemas cardiovasculares, diabetes e pressão alta, e fortalecer o organismo. Para obter estes resultados, é aconselhável manter uma ingestão diária da bebida, em pequena quantidade. Lembrando que, como é uma bebida alcoólica, deve ser ingerida sempre com equilíbrio e moderação, além de haver contraindicações para alguns grupos.
 

3.Existe um jeito correto de segurar a taça 

Verdade. “Pode parecer somente uma regra de etiqueta, mas segurar a taça pela haste evita que a temperatura do vinho seja alterada, o que pode esconder certas nuances e sabores presentes no vinho, e que a taça fique suja”, explica o gerente.
 

4.Quanto mais velho, melhor o vinho  

Mito. Nem sempre um vinho mais velho terá uma qualidade maior que um vinho novo e nem todos os vinhos são feitos para serem guardados por anos. A maior parte é produzida para ser consumida rapidamente, com no máximo 5 anos, e não para envelhecer.


Os vinhos de guarda -- que necessitam de alguns anos de envelhecimento para o seu auge - ou com potencial de envelhecimento e amadurecimento em garrafa, possuem características específicas que agem diretamente na conservação da bebida e no suporte ao tempo. Entre elas, estão a estrutura do vinho, como taninos, boa acidez, álcool, açúcar residual, além do terroir e a qualidade da uva.

5.O álcool do vinho evapora na comida 

Mito. O álcool não evapora completamente da comida quando ela está cozida. “Dependendo da técnica, dos ingredientes e da receita culinária escolhida, grande parte do álcool da bebida utilizada pode permanecer no alimento”, finaliza Sandro.

 

Veja também

Novo Outback em Pernambuco será no Shopping Tacaruna
Expansão

Novo Outback em Pernambuco será no Shopping Tacaruna

Carmem Virgínia promove jantar solidário com outras seis chefs, no Fiordes Bistrô
Evento

Carmem Virgínia promove jantar solidário com outras seis chefs, no Fiordes Bistrô