A-A+

É hora de voltar à rotina alimentar

O pós-Carnaval pede alimentos que ajudam a desintoxicar o organismo dos excessos da má alimentação

Voltar à rotinaVoltar à rotina - Ilustração/Folha de Pernambuco

Não é fácil voltar à rotina depois de quatro dias bem vividos de Carnaval. Quando essa hora chega é como se toda a energia do corpo estivesse sido esquecida nas ladeiras de Olinda ou nas ruas do Bairro do Recife, implorando por dias de sono e melhoras na alimentação. Para a vida voltar ao normal a partir da Quarta-feira de Cinzas, o corpo precisa mesmo é de um detox capaz de sanar o período de esforço físico embaixo de sol e exageros alcoólicos.

Se este folião é você, a boa notícia é que nem tudo está perdido, mesmo enfrentando sintomas como dor de cabeça, cansaço e, em muitos casos, desidratação. Passada a euforia, o foco agora é o fígado - órgão responsável por metabolizar a maioria dos alimentos e álcool ingeridos. Sendo assim, a nutricionista do aplicativo DietBox, Luiza Ferracini, depois de um feriado longo, nada de fazer corpo mole diante da indisposição. Ela recomenda fazer exercício físico e comer alimentos de alta qualidade nutricional, como fo­lhas de cor verde escura, alimentos amarelos e arroxeados e cereais integrais. “Seguindo essas dicas, ajudamos a manter o funcionamen­to normal do organismo e deixamos um pouco mais longe a famosa ressaca, além de facilitarmos a readap­tação ao dia a dia depois do feriado mais animado do ano”, conclui.

O verde em questão tem substâncias que atuam diretamente no sistema imunológico. Pode ser couve, alface, pepino, espinafre, agrião, rúcula e tantos outros. Eles possuem propriedades semelhantes, como ferro, zinco, fibras, fósforo, potássio e vitaminas, formando o combo necessário para ser um agente antioxidante. Daí surge a importância dos sucos detox verdinhos que se costuma tomar no início do ano ou durante a dieta. Isso sem falar no poder de restabelecer o sono tão prejudicado anteriormente. Já quando a paleta de cores vai de amarelo à laranja, como jerimum, cenoura, maracujá, pêssego e tangerina, o benefício está no aporte de vitamina C, útil para proteger as células do corpo. Além de que existe a tendência para surtos de gripe e outras viroses nesse período.

Leia também:
Desnutrição e obesidade
Quando a moda pega na gastronomia

Recuperação
De acordo com a nutricionista Jeane Bortoletto, do Espaço Saúde, no Cabo de Santo Agostinho, a recuperação do organismo não acontece de uma hora para outra. Por isso, é preciso pensar nos cuidados antes mesmo de a folia terminar. “Comece com uma boa hidratação durante e após o Carnaval. Essa reposição de água também é interessante junto com alguns nutrientes que são fundamentais para restabelecer o equilíbrio, como frutas com bom percentual de líquido, como melão, melancia e até água de côco”, sugere.

Ainda de acordo com a especialista, o uso de alguns chás também irão ajudar bastante a acabar com a retenção de líquidos causadas pelo consumo de alimentos ricos em sódio e açúcares. “Algumas opções co­mo o chá de cavalinha, gengibre e chá de hibisco podem ser utilizadas”, aponta. Na lista dos alimentos antiinflamatórios também estão sementes e grãos integrais, além de oleaginosas, como castanhas, amêndoas, chia, linhaça e feijão.

Mais alguns cuidados:

Dê tempo ao corpo:
evite emendar uma festa na outra, mesmo com o fim do Carnaval, e tente retornar às atividades normais do dia a dia

Evite carne vermelha e gordurosa:
é mais difícil de digerir e tudo que o corpo precisa é de uma ajudinha até mesmo no cardápio; prefira carnes como peixe e frango

Cuidado com o café:
o café ajuda a dar energia ao corpo, principalmente em dias de ressaca, mas não exagere

Inclua mais grãos:
eles ajudam na digestão e na limpeza do intestino

Olhe para sua flora intestinal:
fermentados como kefir, kombucha e iogurte natural possuem bactérias do bem, que atuaram na saúde do intestino

Veja também

Restaurante oriental celebra dez anos com ampliação de cardápio
Gastronomia

Restaurante oriental celebra dez anos com ampliação de cardápio

Sorveteria 50 Sabores chega a Pernambuco junto com o Café 50
Gastronomia

Sorveteria 50 Sabores chega a Pernambuco junto com o Café 50