Saúde

Itens como macaxeira fornecem energia e garantem o fortalecimento do sistema imunológico

O Dia Nacional da Mandioca (22.04) reforça informações nutricionais sobre o ingrediente

Acessível e nutritiva, a mandioca tem uma data no calendário gastronômico: 22 de abrilAcessível e nutritiva, a mandioca tem uma data no calendário gastronômico: 22 de abril - Foto: Alfeu Tavares/Folha de Pernambuco

Você já deve ter percebido que na lista de ingredientes pensados para uma alimentação saudável está, obrigatoriamente, citadas algumas raízes e tubérculos. Itens populares na nossa base alimentar, eles são elementos essenciais não só por garantir energia ao corpo, mas por também ajudar na liberação de transmissores cerebrais responsáveis pela sensação de bem-estar, como a serotonina. Quer mais motivos para celebrar o 22 de abril, considerado o Dia Nacional da Mandioca? Ela é uma das opções mais fáceis de encontrar na feira.



No bom dicionário nordestino, macaxeira!  Assim como cenoura, batata-doce, nabo e beterraba, é considerada raiz tuberosa. Ou seja, atua como órgão especial de reserva da planta. No prato, só benefícios. Segundo o nutricionista Nasto Rabelo, ajuda no bom funcionamento do intestino, tem funções anticancerígenas e é capaz de aliviar sintomas de artrite. Isso sem falar na função anti-inflamatória e antioxidante e no poder de controlar os níveis de colesterol no sangue.

“Mandioca tem o índice glicêmico considerado baixo, mas sua carga glicêmica é média. Em cálculo, significa que temos uma quantidade alta de amido disponível para uma porção, sendo assim, é preciso cuidado na quantidade de consumo. Principalmente, porque em 100g de mandioca temos 38g de carboidrato, que é uma quantidade grande - 200g dá o dobro disso. Rapidamente, você alcança uma quantidade considerável no dia”, explica Nasto, completando ainda que raízes e tubérculos possuem proporções distintas de carboidratos, e isso precisa ser considerado na hora de planejar a alimentação da semana. 

Rico em minerais, potássio e vitamina C, que ajuda no fortalecimento do sistema imunológico, esse também é um produto indicado como pós-treino. ”Porque ele partcipa da síntese muscular, embora tenha uma quantidade muito baixa de proteína. Basicamente,  mandioca é carboidrato”, completa o nutricionista. 


Também na lista
Já a batata inglesa e o rabanete estão na lista dos  tubérculos. Significa que esse é um caule subterrâneo, rico em material nutritivo para a planta. Em questões botânicas, a característica que diferencia a raiz tuberosa do tubérculo é a presença de botões vegetativos (ou gemas), popularmente chamados de olhos. Todos eles possuem quantidade considerável de carboidrato, assim como a macaxeira. 

Para se ter uma ideia, a batata inglesa é um dos alimentos mais consumidos do mundo e é menos calórica do que a batata-doce. A unidade com 150g tem cerca de 78 calorias, enquanto sua “prima” possui mais de 100 calorias nessa mesma quantidade. No entanto, contém carboidratos de alto índice glicêmico, que são rapidamente absorvidos pelo organismo.

Veja também

Tábua de frios é opção fácil de fazer em casa. Saiba como montar e onde comprar no Recife
Gastronomia

Tábua de frios é opção fácil de fazer em casa. Saiba como montar e onde comprar no Recife

Cem anos do Leite Moça no Brasil
FOLHA GASTRONÔMICA

Cem anos do Leite Moça no Brasil