PRÊMIO

Melhores restaurantes da América Latina foram anunciados ontem (28) no Rio de Janeiro

O ranking Latin America's 50 Best Restaurants 2023 coroa México, Colômbia e Argentina no topo das melhores casas

Os chefs do restaurante Fauna, no MèxicoOs chefs do restaurante Fauna, no Mèxico - Foto: Agência Síbaris/Divulgação

Leia também

• A pousada Nannai Noronha completa três anos com degustação especial; saiba mais

• Karla Hoyos, a chef mexicana que alimenta vítimas de conflitos e desastres naturais

Uma das listas gastronômicas mais aguardadas da atualidade, o 50Best, teve sua entrega dos melhores da América Latina 2023, ontem, pela primeira vez na cidade do Rio de Janeiro, depois de ser realizada em anos anteriores no Peru, Argentina, Colômbia e México. No próximo ano, anunciou o prefeito do Rio, Eduardo Paes, a cerimônia será novamente na Cidade Maravilhosa. 

A cerimônia de anúncio da lista, sob o comando de Rosa Moraes - chairman na América Latina do The Worlds 50 Best Restaurants - aconteceu no hotel Copacabana Palace, da rede Belmond, integrando a programação de centenário do hotel. 

O cozinheiro espanhol Daniel Redondo, morto em um acidente de moto na semana passada na Espanha, foi homenageado logo no começo do evento. Ele era chef de cozinha do catalão premiadíssimo El Celler de Can Roca e um dos fundadores do restaurante Maní, junto a Helena Rizzo, em São Paulo. 

Brasil na lista
Na edição 2023 do prêmio internacional, oito restaurantes brasileiros aparecem. A Casa do Porco, dos chefs Jefferson e Janaína Rueda - eleita Melhor Chef Mulher de 2023 - teve a mlehor posição: 4º lugar. 

Do Rio apareceram o Lasai (14º), de Rafa Costa e Silva, e o Oteque (20º), de Alberto Landgraf. Entre os paulistanos, o Metzi (18º), com nove posições a mais em relação ao ranking de 2022, Nelita (21º), Evvai (22º), do chef Luiz Filipe Souza, Maní (34º), e o curitibano Manu (35º), que ganhou o Sustainable Restaurant Award.
 
Primeiros colocados
Os restaurantes consagrados com os primeiros lugares no pódio foram o Maido, no México, como o Melhor Restaurante da América Latina, seguido pelo colombiano El Chato e pelo argentino Don Julio - casa que também se destaca pelo serviço de vinho, com 14 mil rótulos à disposição e serviço comandado pelo sommelier Pablo Riviero, e atuação com pecuária regenerativa, tendo o chef Guido Tassi à frente da gastronomia do lugar. Atualmente, na edição mundial The Worlds 50 Best Restaurants, o Maido ocupa 6ª colocação.

Os peruanos se destacam
Em 2022, o topo da lista foi ocupado pelo limenho Central, dos chefs Virgilio Martínez e Pía León, que neste ano foi eleito o Melhor Restaurante do Mundo na cerimônia do The World’s 50 Best Restaurants, realizada na Espanha, em junho, e entrou para o Hall of Fame da premiação. Eles também, ao lado da pesquisadora Malena Martínez, que encabeçam o Mil, nos Andes, classificado na 39ª colocação. 

Pía León, eleita Melhor Chef Mulher do Mundo em 2021, comanda os trabalhos no moderno restaurante Kjolle, em Lima, que ficou em 7º lugar na lista latino-americana subindo 40 posições no ranking mundial frente à edição de 2022, ficando em 28º lugar.

Confeiteira do ano
Localizado Valle de Guadalupe, dentro do complexo de Bruma, o Fauna da duplas de cozinheiros David Castro e Maribel Aldaco (Chef Confeiteira do Ano), conquistou a 5ª posição com o trabalho com culinária mexicana tradicional desenvolvida com menu experimental.

Leonor Espinosa, eleita a Melhor Chef Mulher do mundo no The World’s 50 Best Restaurants de 2022, conquistou para o seu restaurante Leo, em Bogotá, o 8º melhor da América Latina. Seu trabalho é focado em ingredientes nativos pouco conhecidos com foco no apoio às tradições gastronômicas e comunidades locais.

Na lista dos 50 melhores restaurantes da América Latina em 2023 ainda figura o Nuema, dos chefs Alejandro Chamorro e Pía Salazar - Melhor Chef Confeiteira do Mundo em 2023 -, eleito Melhor Restaurante Equatoriano do ano. O mexicano Alcalde, do chef Paco Ruano ficou em 37º lugar ao valer-se de bases clássicas para combinar ingredientes locais. 

Como se dá a escolha?
Críticos gastronômicos, jornalistas, gastrônomos amadores da América do Sul, e profissionais da área são convidados a integrar a comissão de jurados que elege os melhores da região. É exigido de cada um que tenham feito alguma visita aos restaurantes votados, no máixmo, nos últimos 18 meses que antecendem a votação. Cada jurado deve votar em 10 casas.

Melhores da América Latina 2023:

Maido
El Chato
Don Julio
A Casa do Porco
Fauna
Maito 
Kjolle
Leo 
Boragó
Mayta
Nuema
Quintonil
Mérito
Lasai
Pujol
Celele
El Preferido de Palermo
Metzi
Villa Torél
Oteque
Nelita 
Evvai
Gustu
Sublime
Cantina Del Tigre
Gran Dabbang
X.O.
Arca
Pangea
Julia
Sud 777
Mishiguene
Osso
Maní
Manu
Rosetta
Alcalde
Alo’s
Mil
Le Chique
Crizia 
La Mar 
Niño Gordo 
Humo Negro
Parador La Huella
Rafael
Sikwa  
La Docena
Mercado 24
Cosme

Premiações individuais:

Best LatAm Pastry Chef – Maribel Aldaco – Fauna

Best Sommelier Award 2023 – Florencia Rey

Sustainable Restaurant Award – Manu

Art of Hospitality Award – Pangea

Highest New Entry Award – Cantina Del Tigre

Best Female Chef Award – Janaína Rueda 

Highest Climber Award – Quintonil

Chef’s Choice Award – Maito

Icon Award – Dolli Irigoyen

Veja também

Diego Lozano reúne confeiteiros para discutirem tendências desta Páscoa
gastronomia

Diego Lozano reúne confeiteiros para discutirem tendências desta Páscoa

Pistache é ingrediente de destaque nas novas sobremesas da San Paolo; conheça
SOBREMESA

Pistache é ingrediente de destaque nas novas sobremesas da San Paolo; conheça