Novo bar para esquentar no Bairro do Recife

Tap house da Babylon quer movimentar o Bairro do Recife com autosserviço de chope, música e petisco robusto

Opção com queijo do reino tem catchup de goiabadaOpção com queijo do reino tem catchup de goiabada - Foto: Alfeu Tavares/Folha de Pernambuco

Quem passa pelo Bairro do Recife entre a antiga Livraria Cultura e o Shopping Paço Alfândega, na sexta-feira à noite, percebe um agito incomum naquele trecho da rua. Cadeiras de praia coloridas chamam atenção por acomodar alguns grupos em volta de antigos carreteis de madeira. Ali tem música, petisco, hambúrguer e chope artesanal da cervejaria Babylon. Eis o espaço onde a marca pernambucana funciona no esquema chamado tap house ou simplesmente “beba da própria fonte”.

Antes de se acomodar na área externa, no salão climatizado ou mesmo dentro do shopping, o cliente pode abastecer um cartão no local ou utilizar o aplicativo PalmBeer para liberar o chope direto da torneira. São 13 disponíveis, sendo uma para consumo livre de água. As demais foram abastecidas por quatro estilos de chope da Babylon e oito para as produções das cervejarias convidadas, como as locais Debron, Seis Punhos e Estrada. Facilidade que começa a módicos R$ 1,80/100ml de uma soft pilsen levíssima para abrir os trabalhos.

O acompanhamento não poderia ser outro a não ser petiscos e hambúrgueres robustos, que matam a fome de quem emendou a happy hour direto do trabalho. As carnes passam por blend da raça angus, sobrecoxa de frango e opção vegana à base de grãos. Na lista, destaque para o reino-station e seu burger bovino de 100g, mais uma fatia generosa de queijo do reino tostado e catchup artesanal de goiabada cascão (R$ 16). Aliás, os preços são bem honestos. De terça a sexta, há opção com pão brioche e carne artesanal, a partir de R$ 10.

Leia também:
A fórmula do Aura Cozinha Bar
Mulheres no comando da gastronomia


Se a fome for maior, anote mais essa: o xxx-station leva dois burgers intercalados com mix de queijos e lascas de bacon (R$ 19). No contexto descolado, o tradicional buraco quente sai em três versões. Um deles tem o pão francês recheado com filé ao molho gorgonzola (R$ 18). Tão bem servido quanto a linguiça suína artesanal com molho curry e fritas de onda (R$ 25). Esse já pede alguns goles de cerveja.

Estrutura
Entre as mesas, o chef proprietário Paulinho faz questão de defender seu “peixe” com a noção de quem tem mais de 15 anos no mercado, incluindo a experiência anterior como gerente de vendas da Babylon. Fechou parceria com o sócio Filipe Magalhães, que, além de mestre cervejeiro da marca é o cabeça da parte tecnológica do projeto, e agora comemora três meses de funcionamento na intensão de reviver a vida noturna do bairro. “Sabemos as demandas e, por isso, contamos com segurança particular à noite. Além disso, a chegada da Livraria Jaqueira promete movimentar a área”, comenta. O lugar abre de terça a domingo e vai até o último cliente.

Veja também

Festival gastronômico, 'Goumert Experience' chega a Pernambuco em novembro
Gastronomia

Festival gastronômico, 'Goumert Experience' chega a Pernambuco em novembro

Arvo reabre à noite para happy hour e jantar
Gastronomia

Arvo reabre à noite para happy hour e jantar