O ano começa com um detox

Saiba como desintoxicar o organismo dos excessos cometidos no final de ano

SucosSucos - Foto: divulgação

O ano começa com aquele velho arrependimento pelos exageros cometidos no mês anterior. Quem comeu e bebeu como se não houvesse amanhã, chega em 2020 com a vontade de eliminar os excessos de caloria. Razão para o termo detox pairar na cabeça como uma espécie de remédio imediato ao turbilhão de substâncias nocivas ao organismo. Uma espécie de “limpa” contra as impurezas, que deve ser incorporada à rotina de maneira gradativa, segundo a recomendação dos especialistas.

Quando bem utilizada, essa dieta pode acelerar o metabolismo, dando mais energia e aumentando a queima calórica, enquanto facilita o processo de desinchaço. Do contrário, quando utilizada de maneira indiscriminada, pode retirar nutrientes importantes ao bom funcionamento do corpo. O equilíbrio está no uso de receitas adequadas para cada pessoa. Segundo a nutricionista Iane Lira, os chás são ótimas pedidas. “Dente de leão e carqueja são protetores hepáticos, pois, com o aumento do consumo de bebidas alcoólicas, eles agem com efeito rápido de limpeza”, sugere.
Água com limão é bom para equilibrar o PH do estômago.

Já os sucos de frutas como kiwi, melancia e a­ba­caxi são hidratantes e diuréticos. “O corpo reage de forma gradativa, à medida que esses alimentos forem sendo introduzidos. Lembrando que detox é via líquido, através de muita água e suco”, completa a nutricio­nista. Mas de nada a­dianta se não houver uma mudan­ça de hábitos, co­mo evitar o consumo de frituras, carboidratos simples e excessos de açúcar. “Chá de cavalinha é um potente diurético, que não faz você perder minerais através da urina. Muito pelo contrário, repõe”, diz Iane.

Leia também:
Desnutrição e obesidade: dois enormes problemas
Gorduras fazem mal à saúde?

Na próxima ida ao supermercado também vale acrescentar couve, brócolis, agrião, rabanete, rúcula, entre outros que possuem uma substância chamada glicosinolato. Ela transforma as substâncias lipossolúveis em hidrossolúveis para serem eliminadas pela urina e fezes. Enquanto muitos miram nesse tipo de consumo de olho no desinchar e até emagrecimento, saiba que esse cardápio verde ajuda a melhorar o funcionamento do intestino, melhora a saúde da pele, cabelos e unhas, além de favorecer para a boa disposição do dia a dia. Mas, para isso, os nutricionistas recomendam a ingestão de sucos, chás e até sopas como uma forma de complemento e não de substituição a um cardápio leve e balanceado entre carboidratos e proteínas.

Mais dez itens essenciais:
Hortelã
Beterraba
Melancia
Água de coco
Tomate
Gengibre
Alface
Abacaxi
Canela
Pepino

Veja também

Sobremesa: prepare um petit gâteau de queijo de coalho
Receita

Sobremesa: prepare um petit gâteau de queijo de coalho

Comemore o Dia Nacional do Queijo atento às novidades da produção em Pernambuco
Gastronomia

Comemore o Dia Nacional do Queijo atento às novidades da produção em Pernambuco