Produtores orgânicos apontam os desafios da produção

Pesquisa feita em 26 estados brasileiros traça o perfil dos produtores orgânicos

O desperdício com frutas, verduras e legumes chegou a R$ 1,8 bilhão O desperdício com frutas, verduras e legumes chegou a R$ 1,8 bilhão  - Foto: Arthur Mota

Os produtores de orgânicos no Brasil costumam comercializar frutas, hortaliças e outros itens diretamente com seus consumidores. Eles atuam de forma associada e somam faturamento anual de até R$ 360. Essas são algumas características apontadas por pesquisa do Sebrae com produtores de 26 Estados.

Os dados do levantamento revelam que 63% dos entrevistados trabalham exclusivamente com orgânicos, enquanto 80% possuem algum mecanismo de controle da produção orgânica e 72% fazem gestão contábil eletronicamente. 72% afirmaram que trabalham com frutas e 64%, hortaliças; 69% informaram que são ligados a alguma associação.

Quando o assunto é desafios do setor, muitos revelarem que há uma carência em relação à diversidade de insumos apropriados para a produção orgânica. A comercialização foi outro ponto citado como dificuldade, segundo os produtores. Por isso, a diversificação dos canais de comercialização é fundamental, indo da venda direta, feiras orgânicas até lojas, empórios e supermercados.

Leia também:
Conheça trabalhos que são 'fora da curva' na gastronomia 
Histórias de quem persistiu na gastronomia
Quintal Clandestino une música e gastronomia


Veja também

Cuca de banana é sobremesa sem mistérios
Receita

Cuca de banana é sobremesa sem mistérios

Saiba como driblar a seletividade alimentar nas crianças autistas
Saúde

Saiba como driblar a seletividade alimentar nas crianças autistas