Sabores

Saiba as vantagens da proteína vegetal e aprenda a fazer penne e shitake ao molho branco sem leite

Alimentos feitos à base dessas proteínas, são enriquecidos com vitaminas e minerais e podem ser utilizados para o preparo de diferentes pratos e bebidas

Penne com shitake ao molho branco sem leitePenne com shitake ao molho branco sem leite - Foto: Divulgação

Uma alternativa ao consumo de carne é aproveitar a variedade de proteínas vegetais disponíveis. Para entender melhor os benefícios do consumo dessa proteína, trouxemos informações de uma nutricionista sobre as vantagens de consumir esses nutrientes para quem deseja reduzir o consumo de carne e uma receita de macarrão refogado com cogumelos e alho-poró sugeridas pela SupraSoy, marca da empresa Josapar. 

Proteínas vegetais, uma alternativa
Nos últimos anos, a crescente preocupação com a saúde e o estilo de vida, tem feito com que muitas pessoas reduzam o consumo de carne. Tendo em vista o equilíbrio nutricional, ao deixar de consumir esses produtos ricos em proteína, os vegetais podem ser um dos maiores aliados na alimentação diária, para que o organismo consiga suprir as necessidades deste grupo alimentar.

De acordo com a nutricionista Aline Maldonado F. de Alcântara, existem vegetais também ricos em proteínas, capazes de trazer uma série de vantagens e devem fazer parte das principais refeições.  

“As proteínas vegetais são importantes para o nosso organismo e possuem uma menor quantidade de gorduras saturadas e colesterol que as proteínas de origem animal. Elas ainda ajudam no fortalecimento da imunidade, no ganho e recuperação de massa muscular, além de contribuir para a melhora da microbiota intestinal. Os vegetais são ricos em fibras e podem compor diversos tipos de receitas, o que permite variar bastante o cardápio semanal”, aponta a especialista.

Fontes de proteína vegetal
Entre as principais fontes desse nutriente, a nutricionista destaca as sementes de cereais - como a aveia e a quinoa - e as leguminosas, como o grão de bico, o feijão e a soja, alimentos facilmente encontrados e também ricos em vitaminas e minerais. Vegetais que podem ser preparados e consumidos tanto na forma de grãos, como por meio de alimentos em pó à base dessas proteínas e enriquecidos com vitaminas e minerais, como é o caso do leite de soja, utilizado no preparo de diferentes bebidas e pratos, como molhos, tortas salgadas e sobremesas, em substituição ao leite de vaca.

“A soja, por exemplo, é considerada um vegetal de alto valor biológico. Alguns estudos relacionam seu consumo à redução dos sintomas da menopausa e à construção de massa muscular. Ela também possui fibras que auxiliam na quebra das moléculas de colesterol, melhorando a absorção intestinal. Já o feijão, o queridinho dos brasileiros, é muito rico em proteínas, contém aminoácidos essenciais como a lisina, é fonte de ferro, zinco, cálcio e fibras também. Ele auxilia no controle do colesterol, melhora da saúde intestinal e promove saciedade”, conclui dra. Aline.

Confira a receita:

Refogado com cogumelos e alho-poró
(Por SupraSoy)

Ingredientes:

Massa
- 500 g de macarrão penne cozido al dente

Refogado
- 2 colheres (sopa) de azeite de oliva
- 1 cebola pequena picada
- 1 dente de alho picado
- 150 g de cogumelos shitake cortados em tiras
- 2 talos de alho-poró cortados em tiras
- Folhas de salsa a gosto

Molho
- ½ xícara (chá) de leite de soja sem lactose dissolvido em 600 ml de água
- 4 colheres (sopa) de azeite de oliva
- ½ cebola picada
- 1 colher (sopa) de farinha de trigo
- Sal e pimenta-do-reino a gosto
- ¼ de colher (chá) de noz-moscada ralada

Modo de preparo:

Para o refogado, em uma frigideira, aqueça o azeite e doure a cebola com o alho. Adicione os cogumelos shitake e refogue até que fiquem macios. Acrescente os talos de alho-poró, misture bem até murcharem e reserve.

Para o molho, em um recipiente, dilua o leite de soja na água. Em uma panela, aqueça o azeite e doure a cebola. Coloque em fogo baixo, polvilhe a farinha e deixe dourar. Aos poucos, e sem parar de mexer, acrescente o leite de soja já preparado, tempere com o sal, a pimenta-do-reino e a noz-moscada. Cozinhe até engrossar, sem parar de mexer.

Para a finalização, sirva o macarrão penne com o molho branco bem quente e o refogado de shitake. Decore com folhas de salsa. Dica: você pode substituir o penne por qualquer tipo de massa, e se preferir, quando o molho branco estiver pronto, para incrementar, acrescente 2 colheres (sopa) de pesto. Fica uma delícia!

 

Veja também

Zona Norte do Recife terá novo restaurante de comida asiática; conheça o futuro Omar
Gastronomia

Zona Norte do Recife terá novo restaurante de comida asiática; conheça o futuro Omar

Alberto Landgraf ruma para os seis anos do seu restaurante Oteque; confira entrevista exclusiva
ENTREVISTA

Alberto Landgraf ruma para os seis anos do seu restaurante Oteque; confira entrevista exclusiva