UOL Burger Fest abre circuito nesta sexta-feira

Recife e Jaboatão participam do circuito nacional com 29 integrantes

Estaleiro Atlântico Sul  Estaleiro Atlântico Sul  - Foto: Arthur de Souza

 

Desta sexta-feira (11) até 27 desse mês, rola uma nova edição do UOL Burger Fest na Capital pernambucana, Jaboatão dos Guararapes e em mais oito cidades brasileiras, simultaneamente. De canto a canto do País, lancho­ne­tes, food trucks e restauran­tes participantes irão desta­car 300 sanduíches. Portan­to, adoradores de hambúrguer, preparem-se para circular bastante movidos pela gula. Este ano, localmente, são quase 30 integrantes, como os estreantes - a Forneria 1121, nos Aflitos, com o stravaganza, um hambúrguer de carne bovina com bacon, queijo do reino, shimeji, cogumelo de Paris, tomate grelhado e picles, envolto com massa de pizza e assado no forno a lenha (R$ 34,90), e o tradicional bar Cia do Chopp, em Boa Viagem, vendendo o pic burger bete balanço, montado com disco de carne de 180g de picanha argentina, selado na brasa e finalizado na chapa com bacon, queijo estepe e Catupiry, alface, tomate e pão brioche, mais batata (R$ 26,90).

Quem esperar ousadia criativa durante o circuito, pode esquecer. Os estabelecimentos preferiram se manter na zo­na de conforto, explorando a casadinha bem sucedida de hambúrguer com carne de boi e bacon, mas é possível ver experimentos com levada regional. É o caso do trailer Urbanóide, do expe­riente cozinheiro Thiago Rangel, que fica estacionado no Shop­ping Recife. Rangel bati­zou a criação inédita de “ma­ria bonita”, não por aca­so. O seu disco é moldado com 150g de carne de sol, que vem acompanhado de queijo de coalho, cebola caramelizada no molho de mel de engenho, alface crespa e brioche (R$ 24). O pão do lanche proposto pelo Rec Burger é detalhe que chama a atenção: é tinturado de preto com carvão orgânico. No recheio, robusto hambúrguer de costela bovina de 250g, coa­lho e cebola grelhados, par­mesão, alface, tomate e fal­so catchup de goiaba Sai a R$ 26.

Por improvável que seja, o san­duíche mais criativo do cir­cuito, sem dúvida alguma, é o da Kangaroo Australian Bur­ger. A pedido do proprietá­rio Eduardo Borba, a chef con­sultora, Tacia­na Teti, criou o “hambúrguer impossível”. No lugar da carne, Teti moldou um disco cremoso, e delicioso, à base de lentilha e legumes, empanado em farofa japonesa panko - mais flo­cada -, que acerta em cheio o público vegetariano. O pão é o mesmo dos hambúrgueres da casa, tipo brioche, feito sob encomen­da com o carim­bo da marca em relevo, mais queijo gruyère maçaricado, cebola no shoyu, maione­se de alho, picles de raba­ne­te, alface e tomate. Acompanhando, chips sequinhos de banana. Custa R$ 25 e é o único san­duíche que propõe sair do lu­gar comum, objetivo inicial do festival que nasceu em São Paulo. Conheça os outros participantes de Pernam­buco: Boali, H3 Hambúr­guer Gourmet, Kwai Burger Ar­tesanal (duas unidades), Laça Prime, Mooo Ham­burgueria Gourmet & Sa­ladaria, Sanduchef, The Best Hambur­gueria e Sorveteria, The Fif­ties Traditional Burger, Way­ne’s Burger Star, Brooklin Burger, Boi & Brothers (duas unidades), Burgerocks, Burgrill, MôVei, Rockabilly Bur­guer, The King Beef, Prouvot Bistrô, Hotel Ibis (duas uni­dades), Empório Central, The Best Hamburgueria e Sorveteria.

 

Veja também

Primeiro espumante da nacional Miolo completa 25 anos
Vinho

Primeiro espumante da nacional Miolo completa 25 anos

Aprenda a fazer um lombo suíno para o almoço
Receita

Aprenda a fazer um lombo suíno para o almoço