Turismo

Veja dicas de enoturismo na região do Alentejo

Confira algumas vinícolas que 'precisam' ser descobertas na região portuguesa

Alentejo é uma das mias famosas regiões vinícolas de PortugalAlentejo é uma das mias famosas regiões vinícolas de Portugal - Foto: Divulgação

Se você é um #winelover, certamente sabe que o Alentejo é a maior região de Portugal, onde nascem alguns dos vinhos mais prestigiados daquele país. 
Em franco processo de modernização de estilos, a vitivinicultura lusa merece ser explorada - que, a reboque, ainda proporciona experiências gastronômicas memoráveis, levando em conta que a culinária portuguesa é potente, rica, uma das mais deliciosas da Europa. 

Se viajar para lá está no plano dos seus próximos meses, a entidade Turismo do Alentejo dá algumas dicas de vinícolas que podem estar no seu roteiro tanto pelos vinhos de excelência quanto pela gastronomia irresistível, confira os endereços:

Adega Mayor
Em Campo Maior, a primeira adega de autor de Portugal já chama a atenção na chegada por seu projeto arquitetônico que é referência no mundo todo, assinado por Siza Vieira. Lá, os viajantes podem ver de perto como são feitos os vinhos, conhecer a propriedade, aprender sobre a produção, participar de degustações e assistir a workshops. Na época das vindimas, entre os meses de agosto e setembro, também é possível participar da colheita. Em tempo: a Adega Mayor também tem experiências não relacionadas ao vinho, como passeios de barco e bicicleta e voos de balão.

Adega Vila Santa
Esta adega é parte do tradicional Grupo João Portugal Ramos. Situada em Estremoz, é o local que o produtor escolheu para fazer seus primeiros vinhos, em 1989. Provas de vinhos e almoços são apenas o começo das opções enoturísticas da adega: há também piqueniques nas vinhas, tapas com vinhos, a incrível experiência de ser enólogo por um dia, workshop de cozinha e até mesmo um jogo no estilo escape room.

Carmim
A Carmim, ou Cooperativa Agrícola de Reguengos de Monsaraz, tem 50 anos de história e 850 associados, que correspondem a mais de 3,6 mil hectares de vinhas. Produz 74 rótulos diferentes, dos brancos aos tintos, passando por licorosos, rosés e espumantes. Os programas de enoturismo podem incluir atividades como visita guiada, provas de vinhos e petiscos, wine shop, atividades nas vindimas, entre outros.

Herdade Abegoaria dos Frades
Esta herdade com 500 hectares na região do Alqueva foi criada para se tornar um dos melhores projetos enoturísticos de Portugal. Para isso, além da produção de vinhos, conta também com hotel de charme. Os visitantes podem conhecer a propriedade em passeio de jipe, provar os vinhos à beira da piscina, fazer piquenique nas vinhas ou apreciar um jantar romântico após curtir o pôr do sol de uma das torres da Abegoaria.

Honrado Vinyeards
Esta propriedade situada na região de Vila de Frades é mais que especial, já que produz vinho de talha, feito de forma artesanal com uma técnica milenar de fermentar a uva em grandes recipientes de barro – uma herança dos tempos em que os romanos ocuparam o Alentejo, há mais de 2 mil anos. Além de oferecer diferentes provas de vinhos, a Honrado Vineyards promove workshops sobre degustação de vinhos e sobre o vinho de talha, além de pacotes de dia completo em que se pode passar um dia como um produtor de vinho.

Veja também

Dicas de vinhos especiais para celebrar e harmonizar no Dia Mundial do QueijoSabores

Dicas de vinhos especiais para celebrar e harmonizar no Dia Mundial do Queijo

Dia Mundial do Queijo: conheça queijos típicos de vários países e aprenda receitasSabores

Dia Mundial do Queijo: conheça queijos típicos de vários países e aprenda receitas