Saúde

Você costuma assaltar a geladeira à noite? Saiba como evitar a fome noturna

Cardápio planejado e rotina livre de estresse evitam a vontade de comer à noite

Melancia é alternativa saudável na hora em que a fome insiste em baterMelancia é alternativa saudável na hora em que a fome insiste em bater - Foto: Pixabay

A vontade de comer à noite, horas depois do jantar, é mais comum do que se imagina. No entanto, as causas que podem estimular o ato quase incontrolável de abrir a geladeira, quando a única preocupação do corpo deveria ser repousar, são inúmeras. Estresse, ansiedade e até uma rotina com déficit de nutrientes ao longo do dia entram na lista dos principais motivos. Você se enquadraria em algum? 

“No geral, a fome em excesso é falta de planejamento dietético, déficit de proteína adequada e de fibras na dieta. Uma rotina harmoniosa e qualitativa previne a fome em qualquer horário do dia, principalmente à noite”, adianta a nutricionista Munique Gomes, ao lembrar de um dos fatores corriqueiros na vida de quem busca o emagrecimento apenas deixando de se alimentar. 

O que é preciso mudar?
 
Para ela, ter um planejamento semanal com todas as refeições, incluindo os lanches, para não cair em tentação e sair comendo de forma exagerada, sem pesar a mão até mesmo nas boas escolhas, deve ser prioridade diária. “Sempre inclua proteínas em todas as refeições, seja animal ou vegetal, como carnes em geral, ovo, feijão, grão-de-bico, lentilhas, leite e derivados. Além de promover saciedade, eles são ótimos termogênicos”, ensina. 

Cereais como aveia, linhaça, chia, arroz integral, além de oleaginosas, a exemplo de castanhas e nozes também são bem-vindos, por conta do aporte de fibras e gorduras do bem - úteis para proteger o sistema cardiovascular, controlar a glicemia e aumentar a imunidade. Outra dica de lanche é incluir uma fruta que já possui fibra, associado com castanhas, que dão melhor saciedade ao organismo.

Rotina mais adaptada
 
Fortalecer a saúde do intestino é mais um ponto importante. Do contrário, doenças intestinais, que tendem a aumentar processos inflamatórios, tornam-se gatilhos para a fome em excesso. Ainda de acordo com Munique Gomes, beber bastante água hidrata o corpo, mas também promove saciedade ao longo do dia.

Mas, se ainda assim, a vontade insistir em bater na hora errada, os profissionais de saúde são unânimes ao alertar que, quanto mais tarde, mais leve deve ser a refeição. Não à toa, esse é o momento, especialmente de madrugada, em que o corpo entra em estado de repouso, tecnicamente chamado de metabolismo basal, quando todas as funções diminuem de ritmo. A dica, neste momento, é comer frutas mais líquidas, a exemplo de melancia (96% de água) - repleta de antioxidantes - ou mesmo um chá calmante, como cidreira e camomila.

Veja também

Dicas para consumo de alimentação na praiaVerão

Dicas para consumo de alimentação na praia

Em tempos de gripe, conheça os alimentos que fortalecem a imunidade Saúde

Em tempos de gripe, conheça os alimentos que fortalecem a imunidade