Insistir com Lula pode ser um equívoco do PT

Partido dos Trabalhadores tenta encurralar a Justiça Eleitoral com base no “fato consumado”

Lula Lula  - Foto: Nelson Almeida / AFP

O PT ignorou a condenação de Lula em segunda instância e vai levar às últimas consequências a candidatura dele a presidente da República em outubro próximo. No dia seguinte à condenação, o partido fez um ato público no Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo, para “convidar” o ex-presidente para ser candidato. E ele de pronto “aceitou” o convite. Agora, após o STJ negar um pedido de habeas corpus preventivo ao líder petista, a fim de impedir que ele seja preso, o PT acelerou o lançamento de sua candidatura. Será no próximo dia 7, em Belo Horizonte, capital de Minas, Estado governado pelo petista Fernando Pimentel. O partido não aceita o ex-presidente fora da disputa e usa como argumento até a última pesquisa do Datafolha segundo a qual, se ele ficar fora do páreo, o percentual de votos brancos subiria para 36%, algo nunca visto em nossa história. O PT tenta encurralar a Justiça Eleitoral com base no “fato consumado”, ignorando o fato de Lula já encontrar-se inelegível com base na Lei da Ficha Limpa, mas pode estar cometendo um grande equívoco. Deveria seguir os conselhos do professor David Fleischer (UNB) no sentido de preparar o seu “plano b”, pois se a candidatura do ex-presidente for indeferida, em setembro próximo, quando o partido requerer o seu registro no TSE, o substituto dele, seja Jaques Wagner ou Fernando Haddad, teria apenas três semanas para botar o bloco na rua.

Desfalque na Frente Popular
Jorge Carrero, vice-prefeito de Paulista pela 2ª vez, desligou-se do PCdoB e será candidato a deputado federal em outubro próximo por um partido de oposição. Tem convite de várias legendas, mas ainda definiu por onde tocará o seu projeto. Trata-se de um dos mais qualificados quadros da política pernambucana, embora sub-aproveitado pelos partidos por onde passou.

Transposição - Quando estiver definitivamente concluída, a obra de transposição do São Francisco terá sido inaugurada umas 20 vezes por Lula, Dilma e Michel Temer. É dentro dessa lógica que está inserida a vinda de Temer hoje a Cabrobó para inaugurar um trecho do Eixo Leste, que levará água para o CE, RN e PB.

Por que não eu?
- Tem razão o ex-deputado Beto Albuquerque (RS), que se filou ao PSB antes mesmo de Arraes e Eduardo Campos. Se o partido quer ter candidato próprio à Presidência da República, por que não ele, que foi vice de Marina em 2014, e sim Joaquim Barbosa?

Pão com pão - Douglas Cintra, suplente de senador pelo PTB, que substituiu Armando Monteiro no Senado ao tempo em que este era ministro de Dilma Rousseff, poderia ser o “nome de Caruaru” na chapa majoritária das oposições. Mas, por ser do mesmo partido do senador, talvez não tenha chance. Ficaria uma chapa “pão com pão”.

Prejuízo - Por ter rompido com o PSB e o governo Paulo Câmara, o deputado e ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, perdeu o apoio do prefeito de Ingazeira Lino Moraes (PSB). O novo candidato do prefeito à Câmara Federal será João Campos (PSB), filho de Eduardo Campos. O estadual será Diogo Moraes (PSB), 1º secretário Alepe.

Poder - O prefeito de Olinda, professor Lupércio (SD), não permitiu, pelo menos até agora, que o poder lhe suba a cabeça. Todos os dias, quando vai fazer ginástica numa academia próximo à sua residência, faz questão de cumprimentar seus funcionários, especialmente os mais humildes.

Veja também

Brasil acumula 5,3 milhões de casos e 157 mil mortes por Covid-19
Coronavírus

Brasil acumula 5,3 milhões de casos e 157 mil mortes por Covid-19

Pernambuco registra 157 novos casos e 10 óbitos nas últimas 24h
Coronavírus

Pernambuco registra 157 novos casos e 10 óbitos nas últimas 24h