saúde

Mito ou verdade: comer sushi é realmente perigoso?

Pesquisadores da Noruega estudaram o assunto

Sushi Sushi  - Foto: Freepik

Comer sushi pode não ser tão seguro quanto a maioria das pessoas acredita, aponta um estudo feito pela Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia, em parceria com o Instituto de Pesquisa Marinha da Noruega. Segundo os cientistas, o sushi, assim como outros alimentos que não são cozidos pode conter bactérias e outros agentes patogênicos com potencial para causar intoxicação alimentar.

De forma geral, a bactéria que preocupa os cientistas e pode causar mal aos humanos é a Listeria monocytogenes, sendo a causa mais comum de doenças causadas pela ingestão de frutos do mar. No entanto, segundo a pesquisa, outra bactéria que as pessoas devem ficar de olho e tomar cuidado são as Aeromonas.

Os autores do estudo procuraram a bactéria em produtos de peixe cru disponíveis para compra na Noruega. No total, identificaram 22 estirpes de Aeromonas abrangendo oito espécies diferentes.

“Os resultados mostram que o processamento suave que estes produtos pesqueiros recebem não garante que o crescimento da bactéria Aeromonas será inibido. A maioria destas variantes de Aeromonas são possivelmente patogênicas e existem frequentemente vários fatores de risco diferentes associados a elas”, explicou o autor do estudo, Hyejeong Lee.

Analisando as várias estirpes de bactérias encontradas nos peixes, os investigadores notaram a presença de um conjunto de genes que permitem a estes agentes invadir e destruir as células hospedeiras.

Porém, talvez o mais alarmante seja o fato de os investigadores também terem descoberto evidências de que as Aeromonas podem contribuir para a crescente crise de resistência aos antibióticos. Isto acontece porque estas bactérias trocam regularmente material genético com outros micróbios no mar, o que significa que podem adquirir genes que lhes permitam tolerar antibióticos e transmiti-los a outras bactérias.

“Algumas cepas de Aeromonas também podem espalhar a resistência aos antibióticos de um tipo de bactéria para outro. Comer frutos do mar infectados por bactérias resistentes é uma forma provável de propagação dessas bactérias de animais e ambientes marinhos para os humanos”, diz Lee.

Veja também

Mito ou verdade: água com gás e limão emagrece?
Saúde

Mito ou verdade: água com gás e limão emagrece?

Padre Damião Silva visita a Folha de Pernambuco para divulgar a Festa de Nossa Senhora da Cabeça
RELIGIÃO

Padre Damião Silva visita a Folha de Pernambuco para divulgar a Festa de Nossa Senhora da Cabeça

Newsletter