Humberto Costa ressalta não haver razão para o PSB temer um vice petista

Senador lembra que se o vice virar prefeito fará uma grande administração, como a de João Paulo

Senador Humberto Costa (PT) em entrevista à Rádio Folha - Foto: Arthur Mota\FolhaPE

A possibilidade cada vez maior de o prefeito do Recife, João Campos (PSB), indicar um ex-secretário ao cargo de vice em vez de um petista levou o senador Humberto Costa (PT) a sinalizar que não existem motivos para desconfianças na relação do PSB com o PT.

“Não há nenhuma razão para temerem um vice do PT. O que um vice do PT pode fazer se for prefeito? Vai fazer o que João Paulo fez: uma grande administração. Não haverá nenhum prejuízo para a população”, enfatizou, durante entrevista à Rádio Folha.

Mas não é apenas uma questão de confiança. É também. As articulações de João Campos para tentar, em 2026, a vaga ao Governo de Pernambuco passam pela indicação de um vice que tenha ritmo semelhante de gestão.

Os mais próximos observam que o perfil dos indicados pelo PT está longe disso. O deputado federal Carlos Veras, sertanejo de Tabira, tem raízes na agricultura familiar. O assessor da Secretaria de Relações Institucionais Mozart Sales já foi vereador do Recife e tem ações voltadas para a área de saúde.

O PT também precisa definir quem será o nome a ser apresentado ao prefeito. O senador assegura que isso acontecerá em breve e já está pacificado dentro do partido. Ele e a senadora Teresa Leitão devem conversar com o prefeito João Campos ainda este mês.

Diante deste cenário, dizem peessebistas, os nomes do ex-chefe de gabinete Victor Marques (PCdoB) e da ex-secretária de Infraestrutura Marília Dantas (MDB) vêm ganhando robustez. São competentes, de extrema confiança, sintonizados e com o dinamismo do gestor. Victor teria a seu favor a habilidade de negociar e aparar arestas.

Simbolismo junto aos municípios
A governadora Raquel Lyra sinalizou mais uma vez a disposição de ficar mais perto dos municípios, reforçando ações administrativas. Entregou 184 ônibus escolares - um para cada prefeitura. Sertânia foi a única cidade que não mandou representante. A entrega, feita em Caruaru, seguiu a ordem alfabética. Ao lado da vice Priscila Krause, cumprimentou e tirou foto com os líderes. Um a um.

Religião
Aliado do prefeito de Santa Cruz do Capibaribe Fábio Aragão, o deputado Diogo Moraes, nega qualquer pressão do PP para o gestor desistir da reeleição. "A pressão do PP é zero. A gente se livrou do PP, é diferente. A população está contente por isso". Aragão alegou questões religiosas.

Honra
Por problemas de saúde, o deputado José Patriota participa por vídeo da homenagem que a Amupe organizou para hoje. A entidade vai conceder-lhe o título de presidente de honra. Patriota comandou a associação durante dez anos.

Gestão
O jornalista Ed Ruas assumiu a Secretaria-Executiva de Inovação Urbana da Prefeitura do Recife. O nome é uma indicação da ex-deputada federal Marília Arraes. Ed Ruas coordenou programas e políticas de eventos na capital.

Veja também

Bolsas da Europa fecham em baixa, com agenda esvaziada e pressionadas por tombo da Airbus
bolsa de valores

Bolsas da Europa fecham em baixa, com agenda esvaziada e pressionadas por tombo da Airbus

CFM pede que Anvisa reveja proibição do uso de fenol para médicos
BRASIL

CFM pede que Anvisa reveja proibição do uso de fenol para médicos

Newsletter