Bellucci e Rogerinho caem na estreia do Rio Open

Ambos estiveram perto de vencer seus confrontos, mas não conseguiram manter o ritmo e acabaram eliminados

RogerinhoRogerinho - Foto: Gabriel bouys/afp

A abertura do Rio Open foi marcada pelas derrotas de Rogério Dutra Silva e Thomaz Bellucci. O primeiro caiu diante do espanhol Albert Ramos-Viñolas (6/3, 3/6 e 6/4) e o segundo foi vencido pelo italiano Fabio Fognini (6/7(5), 7/5 e 6/2). Ambos fizeram partidas semelhantes, estiveram próximo da vitória, mas acabaram eliminados.

Rogerinho fez um confronto equilibrado com o espanhol, 19º do mundo. No primeiro set, sofreu uma única quebra, no oitavo game, dando a chance que Viñolas precisava para encerrar a parcial em 6/3. Na sequência, o espanhol embalou e abriu 3/1 de forma rápida, dando a entender que o jogo não demoraria muito, mas Rogerinho conseguiu se recuperar e devolveu o placar, levando a definição para o set desempate.

Incentivado pela torcida no Jockey Club Brasileiro, Rogerinho chegou a abrir 4/2, anotando um break no terceiro game. Sólido, porém, o adversário não esmoreceu e emendou quatro games seguidos, incluindo duas quebras – no oitavo e no décimo game -, o que garantiu a vitória por 6/4. Na próxima rodada, ele joga com o chileno Nicolas Jarry, número 94 do mundo.

Bellucci também teve a vitória nas mãos, mas sucumbiu diante de um atordoado Fabio Fognini. O paulista começou o jogo logo com uma quebra, porém viu o italiano se recuperar na sequência e não só devolver o break, como abrir 5/2. Foi aí que Bellucci iniciou uma reação surpreendente, se livrou de ser quebrado outras quatro vezes e garantiu a vitória no tie-break do set – 7/6 (5).

A virada mexeu com o italiano, que, desconcentrado, viu o brasileiro abrir 3/0 na parcial seguinte. Pediu, então, um atendimento médico para esfriar os ânimos, mas continuou cometendo muitos erros e deixou o paulista fazer 4/0. Mancando em quadra, Fognini passou a arriscar jogadas para definir os pontos mais rapidamente, ao mesmo tempo em que a paciência que havia sido a chave para Bellucci virar o set inicial minguou e ele se perdeu.  

Com saque ruim, Bellucci foi quebrado na sequência e deixou o adversário crescer, empatando o confronto. Ainda chegou a confirmar o 5/4, mas não impediu a virada do italiano e perdeu por 5/7.

No terceiro set, ambos instáveis, trocaram quebras até Fognini abrir 3/1. Daí em diante ele embalou e fechou a parcial (6/2), decretando a terceira vitória seguida contra o brasileiro, todas no saibro. Nas oitavas de final, Fognini enfrenta o norte-americano Tennys Sandgren (60º).


Veja também

Nadadora transexual enfrenta críticas ao quebrar recordes femininos após competir com homensEUA

Nadadora transexual enfrenta críticas ao quebrar recordes femininos

Botafogo lança obras de novo museu e espera 200 mil visitantes ao ano Museu

Botafogo lança obras de novo museu e espera 200 mil visitantes ao ano