Bellucci e Rogerinho caem na estreia do Rio Open

Ambos estiveram perto de vencer seus confrontos, mas não conseguiram manter o ritmo e acabaram eliminados

RogerinhoRogerinho - Foto: Gabriel bouys/afp

A abertura do Rio Open foi marcada pelas derrotas de Rogério Dutra Silva e Thomaz Bellucci. O primeiro caiu diante do espanhol Albert Ramos-Viñolas (6/3, 3/6 e 6/4) e o segundo foi vencido pelo italiano Fabio Fognini (6/7(5), 7/5 e 6/2). Ambos fizeram partidas semelhantes, estiveram próximo da vitória, mas acabaram eliminados.

Rogerinho fez um confronto equilibrado com o espanhol, 19º do mundo. No primeiro set, sofreu uma única quebra, no oitavo game, dando a chance que Viñolas precisava para encerrar a parcial em 6/3. Na sequência, o espanhol embalou e abriu 3/1 de forma rápida, dando a entender que o jogo não demoraria muito, mas Rogerinho conseguiu se recuperar e devolveu o placar, levando a definição para o set desempate.

Incentivado pela torcida no Jockey Club Brasileiro, Rogerinho chegou a abrir 4/2, anotando um break no terceiro game. Sólido, porém, o adversário não esmoreceu e emendou quatro games seguidos, incluindo duas quebras – no oitavo e no décimo game -, o que garantiu a vitória por 6/4. Na próxima rodada, ele joga com o chileno Nicolas Jarry, número 94 do mundo.

Bellucci também teve a vitória nas mãos, mas sucumbiu diante de um atordoado Fabio Fognini. O paulista começou o jogo logo com uma quebra, porém viu o italiano se recuperar na sequência e não só devolver o break, como abrir 5/2. Foi aí que Bellucci iniciou uma reação surpreendente, se livrou de ser quebrado outras quatro vezes e garantiu a vitória no tie-break do set – 7/6 (5).

A virada mexeu com o italiano, que, desconcentrado, viu o brasileiro abrir 3/0 na parcial seguinte. Pediu, então, um atendimento médico para esfriar os ânimos, mas continuou cometendo muitos erros e deixou o paulista fazer 4/0. Mancando em quadra, Fognini passou a arriscar jogadas para definir os pontos mais rapidamente, ao mesmo tempo em que a paciência que havia sido a chave para Bellucci virar o set inicial minguou e ele se perdeu.  

Com saque ruim, Bellucci foi quebrado na sequência e deixou o adversário crescer, empatando o confronto. Ainda chegou a confirmar o 5/4, mas não impediu a virada do italiano e perdeu por 5/7.

No terceiro set, ambos instáveis, trocaram quebras até Fognini abrir 3/1. Daí em diante ele embalou e fechou a parcial (6/2), decretando a terceira vitória seguida contra o brasileiro, todas no saibro. Nas oitavas de final, Fognini enfrenta o norte-americano Tennys Sandgren (60º).


Veja também

Santa anuncia renovação de contrato do artilheiro Pipico
FUTEBOL

Santa anuncia renovação de contrato do artilheiro Pipico

Tite convoca Allan e aguarda melhora de Neymar e Alex Telles
Seleção Brasileira

Tite convoca Allan e aguarda melhora de Neymar e Alex Telles