Futebol

Sport fica no empate em 0x0 com o Novorizontino

Defesa do Leão segurou pressão do Tigre e evitou tropeço, deixando a equipe na vice-liderança da Série B

Lances de Novorizontino 0x0 SportLances de Novorizontino 0x0 Sport - Foto: Guilherme Veiga/Divulgação/Novorizontino

Ter a melhor defesa da Série B do Campeonato Brasileiro é requisito fundamental em dias que o ataque parece tirar uma folga. Diante do Novorizontino, o Sport soube suportar a pressão e, mesmo não jogando bem, evitou a derrota. O resultado de 0x0, nesta terça (16), no Jorge di Biasi, segurou os leoninos no G4, na segunda posição, com 15 pontos. No próximo confronto, os rubro-negros enfrentam o CRB, segunda (23), na Ilha do Retiro.

Apenas duas finalizações em 45 minutos. Boa parte desse tempo com menos de 40% de posse de bola. Sem escanteios ou lances perigosos. E com muita, mas muita dificuldade de criação. O Sport foi um espectador do Novorizontino no primeiro tempo. Diferentemente do jogo passado, contra a Chapecoense, não teve gol precoce para dar tranquilidade. O empate parcial sem gols saiu no lucro para os pernambucanos.

A inversão dos lados em que cada time atacava foi a única mudança na etapa final. Em um “cenário colorido”, os de amarelo e preto permaneciam encurralando a equipe de branco. Salvo tentativas de Juba, o Sport era previsível ofensivamente e insistia nos chutes de longa distância. 

Por mais que o Tigre tenha tomado conta do campo do Sport, Maílson não chegou a fazer uma defesa difícil. Quando a bola não era interceptada pela dupla Thyere/Sabino, a finalização que chegava ao gol era fora da meta ou sem causar esforço ao goleiro rubro-negro. Faltou capricho aos mandantes. E diante de uma defesa organizada, os paulistas foram incapazes de balançar as redes.

Reclamação nordestina

Ao lado do Bahia, o Sport enviou um ofício à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pedindo que seja revista a autorização da mudança do jogo entre Guarani e Vasco, pela oitava rodada da Série B, de Campinas para Manaus. A partida está marcada para ocorrer hoje. Os clubes citam que, com a alteração, ficaria concretizada uma inversão de mando de campo, já que os cariocas teriam uma presença de público maior do que a dos mandantes em questão.

Ficha técnica

Novorizontino 0
Giovanni; Felipe Albuquerque (Felipe Rodrigues), Rodolfo Filemon, Ligger e Romário; Gustavo Bochecha, Léo Baiano e Diego Torres (Rômulo); Douglas Baggio (Quirino), Ronaldo (Welliton) e Hélio (Ronald). Técnico: Allan Aal.

Sport 0
Mailson; Ewerthon, Thyere, Sabino e Lucas Hernández; William Oliveira, Bruno Matias (Pedro Naressi) e Giovanni (Vanegas); Everton Felipe (Thiago Lopes), Juba (Jaderson) e Parraguez (Kayke). Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

Estádio: Jorge di Biasi (Novo Horizonte/SP)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Assistentes: Márcio Gleidson Correia Dias e Hélcio Araújo Neves (ambos do PA)
VAR: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Gols: Nenhum
Cartões amarelos: Rodolfo, Ronaldo (N); Thyere, Bruno Matias (S)

Veja também

Rodrigo Pimpão, ex-Botafogo e Vasco, anuncia aposentadoria do futebol
futebol

Rodrigo Pimpão, ex-Botafogo e Vasco, anuncia aposentadoria do futebol

Skimboarder brasileiro, primeiro a se arriscar nas ondas gigantes de Nazaré, vai em busca do tetra
skimboard

Skimboarder brasileiro, primeiro a se arriscar nas ondas gigantes de Nazaré, vai em busca do tetra

Newsletter