ABASTECIMENTO

Bairros de Jaboatão e Cabo de Santo Agostinho ficam sem água a partir desta quarta-feira (12)

Moradores de Jaboatão dos Guararapes e Cabo de Santo Agostinhos devem ficar sem água até a quinta-feira (13)

Bairros de Jaboatão e Cabo de Santo Agostinho ficam sem águaBairros de Jaboatão e Cabo de Santo Agostinho ficam sem água - Foto: Pixabay/Reprodução

Bairros de Jaboatão dos Guararapes e Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife, ficarão sem água a partir das 8h desta quarta-feira (12).

Na data, haverá, por parte da Neoenergia, a suspensão temporária do fornecimento de energia elétrica para o serviço de poda de árvores em locais de rede de alta tensão.

Sem o abastecimento elétrico, o Sistema Gurjaú, que fornece água para as áreas, "não terá condições operacionais de funcionamento", segundo informou a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa).

A previsão é que o trabalho de poda de árvores termine às 8h da quinta-feira (13).

No período, os técnicos da Compesa aproveitarão para realizar serviços de manutenção preventiva no sistema.

Em Jaboatão dos Guararapes, as áreas afetadas serão: Curcurana, Barra de Jangada, Candeias, Piedade, Massangana, Vila Sotave, Lagoa Olho D'Água, Tieta, Cajueiro Seco e Guararapes (Jardim Guararapes).

Já no Cabo de Santo Agostinho, as localidades que terão o abastecimento suspenso são: Ponte dos Carvalhos, Vila João de Deus (Pontezinha) e as praias do Paiva e Itapuama.

A Compesa lembra que as localidades atendidas pelo Sistema Pirapama não serão afetadas. 

Após a conclusão dos serviços de manutenção da Neoenergia, será retomada a distribuição de água para as localidades, seguindo o calendário nas áreas onde há rodízio.

Veja também

Mulher denunciada por agredir casal gay em padaria é presa por atropelamento e fuga em São Paulo
POLÍCIA

Mulher denunciada por agredir casal gay em padaria é presa por atropelamento e fuga em São Paulo

Pastor André Valadão diz, em vídeo, que fiéis não devem matricular filhos em faculdades 
Educação e Religião

Pastor André Valadão diz, em vídeo, que fiéis não devem matricular filhos em faculdades 

Newsletter