Chapinha provoca desconforto na base governista

Aliados da frente popular temem desequilíbrio na disputa proporcional

Grupo de partidos bateu martelo sobre formação de chapinha para deputado federalGrupo de partidos bateu martelo sobre formação de chapinha para deputado federal - Foto: Divulgação

E não é só o deputado pedetista que está revoltado com a criação desenfreada de chapinhas na Frente Popular, como a composta pelo Solidariedade, PP, PDT, PCdoB e PSL. Nos bastidores do legislativo estadual, o descontentamento é grande. Deputados da base aliada do governador Paulo Câmara (PSB) não negam que estão incomodados com a falta de um freio para impedir o crescimento de chapinhas na base governista.

A leitura é que se o governador não colocar ordem e definir uma chapa única - o chamado chapão - para todos concorrerem de igual, a base pode ruir. "Está começando a janela partidária no dia 1 de março e vai até abril. Se o governador não colocar ordem, cada deputado vai cuidar de sua candidatura e aí temos três possíveis candidatos majoritários", alertou um integrante da base governista.

“Essa história de chapinha do (presidente do PP) Eduardo da Fonte não é novidade. Na eleição passada ele fez a mesma coisa. Quem tem que tratar isso é o governador. O PDT ganha secretaria de Agricultura, que tem um peso grande, com um monte de instituto e vai para a chapinha. Quer dizer, ele pega a máquina e, na hora da eleição, não quer disputar de igual pra igual com os outros. Cabe ao governador uma posição política com relação a isso”.

Em confidência, outra fonte palaciana diz que Paulo está vendo com cautela a formação de chapinha. "Acho que ele não vai interferir porque sabe da confusão que vai causar na base. Essa discussão inclusive já vem de um certo tempo”, ressalta.

Encontro
Anteontem, os presidentes do PP, PDT, PCdoB, Solidariedade e PSL se reuniram para bater o martelo sobre a formação de uma chapa proporcional independente para deputado federal. Para estadual, as siglas farão outras composições na base governista.

Veja também

Com 'Erundinamóvel', vice de Boulos entrará na campanha de rua para tentar forçar ida ao 2º turno
SÃO PAULO

Com 'Erundinamóvel', vice de Boulos entrará na campanha de rua para tentar forçar ida ao 2º turno

Líder do MBL é denunciado sob a acusação de tráfico de influência e fraude em licitação
Política

Líder do MBL é denunciado sob a acusação de tráfico de influência e fraude em licitação