27 de janeiro: uma data em branco

Neste dia é celebrada a Memória das Vítimas do Holocausto; mas o que Pernambuco tem a ver com isso?

Rainier Michael, Cônsul da EslovêniaRainier Michael, Cônsul da Eslovênia - Foto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

"Apesar de tudo, ainda creio na bondade humana."
                                                            Anne Frank 1929 – 1945

Dia 27 de Janeiro passado poderia ter sido uma data qualquer no calendário, mas carrega um significado expressivo para a humanidade. Afinal, qual a importância desta data? A Assembleia Geral das Nações Unidas aprovou, em 2005, uma Resolução instituindo a data de 27 de janeiro como o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto.

E eu com isso? E Pernambuco com isso?

Bem, podemos, de forma resumida, colocar dois pontos importantes para que esta data não caia no esquecimento de todos nós: Primeiro: A primeira Sinagoga das Américas, “Sinagoga Kahal Zur Israel", com construção datada do século XV, está localizada no Bairro do Recife. Esta importante história marca o momento vivido de tolerância religiosa, durante o chamado período “Holandês” (1630-1654), quase esquecido se não fosse o descobrimento desta Sinagoga, localizada embaixo de grandes casas, na Rua do Bom Jesus - antigamente conhecida como Rua dos Judeus - reconstituída e aberta ao público em 2001.

Hoje, os quase dois milhões de judeus em Nova York fazem parte desta história, pois estes eram apenas 23 judeus expulsos de Recife. Em 7 de setembro de 1654, estes desembarcaram em Nova Amsterdã, então entreposto da Companhia das Índias Holandesas na Ilha de Manhattan – ajudando a erguer a metrópole, a fundar a Bolsa de Valores, a dar nova cara ao comércio. Tinham deixado o Brasil em 16 naus, rumo a Amsterdã. Sendo saqueados e detidos na Jamaica, os viajantes foram resgatados por um pirata francês. Os quatro casais, duas viúvas e treze crianças chegaram aos EUA sem nada. Fugiam dos portugueses que, em Pernambuco, venceram os 24 anos de domínio holandês e impuseram a perseguição religiosa.

Segundo: Inclusão do ensino do Holocausto na base curricular. Assim o Brasil passa a cumprir algumas das resoluções de organismos internacionais que cobram a obrigatoriedade do ensino no Holocausto. “As novas gerações precisam ser fiadoras da mensagem do Holocausto. Nunca mais para nenhuma minoria”. Afirma Ricardo Bierkiensztat, presidente executivo da Federação Israelita do Estado de São Paulo, durante encontro com mais de 1000 pessoas em ato da comunidade judaica em Memória das Vítimas do Holocausto, com a presença do prefeito João Dória, senador José Serra, ministro Gilberto Kassab, diversas personalidades e representantes de outras religiões.

Faço votos, então, que lembremos de TODAS as minorias e tenhamos um grande evento em 2019, para não termos mais uma “Data em Branco”. Que nossa rica história de pioneirismo em tolerância religiosa, simbolizada pela primeira Sinagoga das Américas, não seja esquecida.

"O homem é grande de espírito, mas mesquinho nas ações."
                                                Anne Frank 1929 – 1945

Anne Frank

Anne Frank - Foto: Reprodução

*Empresário há 35 anos, Rainier Michael tem ampla experiência em trocas internacionais. O trabalho realizado por ele junto ao consulado esloveno, e designado “Diplomacia Econômica”, interpreta sob uma visão humana o desenvolvimento e o crescimento do Nordeste. Paulista de nascença, Michael se mudou para Pernambuco há dez anos, quando seus negócios no Estado cresceram de forma a tornar indispensável sua presença aqui. Seu comparecimento nos mercados pernambucanos, entretanto, é mais antigo do que isso. Antes de assumir o consulado, já era representante da Sociedade Brasil-Alemanha no Nordeste. É destacável, também, sua atuação enquanto presidente do Rotary Club Recife. ([email protected])

* A Folha de Pernambuco não se responsabiliza pelo conteúdo das colunas.

Veja também

Folha esclarece dúvidas sobre a Previdência
Folha Previdência

Folha esclarece dúvidas sobre a Previdência

Data Center no Recife terá R$ 110 milhões em investimento
Tecnologia

Data Center no Recife terá R$ 110 milhões em investimento