Polícia Civil

Policiais Civis de Pernambuco fazem novo protesto por demandas da categoria

"Se as demandas da categoria não forem atendidas haverá uma nova paralisação", disse o presidente do Sinpol, Áureo Cisneiros, em entrevista à reportagem da Folha de Pernambuco

Policiais Civis de Pernambuco fazem novo protesto por demandas da categoriaPoliciais Civis de Pernambuco fazem novo protesto por demandas da categoria - Foto: Alexandre Aroeira/Folha de Pernambuco

Nesta quarta-feira (10), uma semana após a paralisação de advertência de 24h da última quarta (3), o Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol-PE) realizou um novo protesto para cobrar do Governo do Estado uma resposta em relação às demandas da categoria.

Os policiais saíram em passeata da sede do Sinpol, no bairro de Santo Amaro, até o Palácio do Campo das Princesas, em Santo Antônio.

Em entrevista à reportagem da Folha de Pernambuco, Áureo Cisneiros, presidente do Sinpol, afirmou que “se as demandas da categoria não forem atendidas, haverá uma nova paralisação”.

A questão será decidida em uma nova assembleia, que deve ser realizada ainda em frente ao palácio.

“Nós já havíamos anunciado ao próprio governo que sairíamos em passeata nesta quarta (10) e que esperávamos uma resposta concreta do governo sobre a questão salarial, a estrutura das delegacias, a reestruturação do nosso plano de carreira e os investimentos anunciados e que não se concretizam, pois até agora a Policia Civil não recebeu nada”, afirmou o presidente do sindicato 

 Áureo Cisneiros, Presidente do Sinpol. Áureo Cisneiros, Presidente do Sinpol | Foto: Alexandre Aroeira/Folha de Pernambuco 

As demandas da categoria
De acordo com Áureo Cisneiros, a categoria sofre com falta de efetivo, estruturas precárias e salários abaixo da média nacional.

“Infelizmente, a proposta do Governo não contempla nem inflação para a maioria dos policiais. Estamos em busca de valorização e melhor estrutura nas unidades para diminuir a violência e atender melhor o povo. Estamos muito sobrecarregados e cansados”, concluiu Áureo.

Veja também

Trump diz: 'fui atingido por uma bala que perfurou a parte superior da minha orelha direita'
ATENTADO

Trump diz: 'fui atingido por uma bala que perfurou a parte superior da minha orelha direita'

Biden diz que 'não há lugar para esse tipo de violência' após tiroteio em comício de Trump
SOLIDARIEDADE

Biden diz que 'não há lugar para esse tipo de violência' após tiroteio em comício de Trump

Newsletter