ELEIÇÕES 2024

Eleições nas capitais: PT só tem chances hoje em Porto Alegre. Entenda

Eleições nas capitais: o PT, apesar de ter voltado à Presidência, não elegeria hoje nenhum prefeito das principais capitais do Sudeste

Eleições nas capitais: Maria do Rosário é a única candidata do PT com chance em uma capitalEleições nas capitais: Maria do Rosário é a única candidata do PT com chance em uma capital - Foto: Agência Brasil/EBC/Divulgação

Apesar da volta ao poder central com Lula, o PT não elegeria, hoje, nenhum prefeito nas principais capitais. Entre os maiores centros e grandes colégios eleitorais, como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, e Recife, nem chegaria ao segundo turno, conforme pesquisas trazidas pelo Datafolha.

Maior contingente eleitoral do País, em São Paulo o PT não tem sequer candidato, faz uma aposta em Boulos (Psol), que aparece empatado com o prefeito Ricardo Nunes (MDB). No Rio, o Datafolha apontou o prefeito Eduardo Paes (PSD) num cenário bem favorável a emplacar a reeleição logo no primeiro turno.

Paes aparece com 53% das intenções de voto, bem distante do segundo, o candidato do Psol, Tarcísio Motta, com 9%. Em Belo Horizonte, o prefeito Mauro Tramonte (Republicanos) lidera com 19% e em segundo vem o tucano João Leite, com 12%. O postulante do PT, Rogério Correia, tem apenas 8%.

Já no Recife, a única do Nordeste no conjunto das pesquisas que foram divulgadas pelo Datafolha, o prefeito João Campos (PSB) é o mais bem posicionado entre todos. Se as eleições fossem hoje, o socialista teria 75% dos votos, sendo reeleito tranquilamente. Em segundo lugar, Daniel Coelho (PSD), o candidato da governadora Raquel Lyra (PSDB) pontua com apenas 7%.

A grande surpresa recaiu no pré-candidato do PL, Gilson Machado, abaixo de Daniel, com 6%, levando-se em conta que na pesquisa do Atlas Intel apareceu com impressionantes 21%. Segundo um marqueteiro e especialista em pesquisa, o levantamento do Atlas Intel teria sido digital, muito parecido com uma enquete, fruto da mobilização dos bolsonaristas.

Em Curitiba, quem lidera é o candidato apoiado pelo prefeito Rafael Greca (PSD). Atual vice-prefeito, Eduardo Pimentel aparece com 24,1%, seguido pelo pré-candidato do PSB, Luciano Ducci, com 14,9%. Ali, o PT sequer tem candidato, enquanto em Florianópolis o prefeito Topázio Neto, também do PSD, está na frente com 44,7%, seguido pelo pré-candidato do Psol, deputado Marquito, que aparece com 13%. A pré-candidata do PT, Carla Ayres, pontua com apenas 3,5%.

O PT, enfim, pelo menos até agora, nos grandes centros urbanos, só tem chances de emplacar a Prefeitura de Porto Alegre. Ali, a deputada federal Maria do Rosário (PT) lidera com 29,2% das intenções de voto, mas num cenário de empate técnico com o prefeito Sebastião Melo (MDB), que aparece com 28%. 

 

Veja também

No Recife, Dani Portela é a primeira a homologar candidatura a prefeita
FOLHA POLÍTICA

No Recife, Dani Portela é a primeira a homologar candidatura a prefeita

"Barraco" de filho de Lula com Janja é o assunto em Brasília. Confira
BASTIDORES

"Barraco" de filho de Lula com Janja é o assunto em Brasília. Confira

Newsletter