Chefe da Mercedes diz querer Hamilton até 2030

Toto Wolff rasgou elogios ao britânico, e ainda revelou interesse no espanhol Carlos Sainz

Lewis HamiltonLewis Hamilton - Foto: AFP

Toto Wolff, chefe de equipe da Mercedes, rasgou elogios a Lewis Hamilton e disse que quer manter o piloto britânico até 2030, em entrevista ao jornal espanhol Mundo Deportivo. Além disso, o dirigente revelou interesse da escuderia no espanhol Carlos Sainz Junior.

Hamilton tem contrato com a Mercedes até o fim de 2020. Mesmo assim, a equipe já se mobiliza para segurar o tetracampeão mundial.

"Ao fim de 2020, Lewis terá ficado um total de oito anos. É muito tempo, embora possa ter mais outro contrato. Queremos que ele fique para frente", disse Wolff, que afirmou que a renovação com o britânico já está em andamento.

"Faltam apenas detalhes. Quanto tempo deve durar? Qual é o momento certo para ele e qual é o momento certo para nós? Nós só queremos fazê-lo direito", declarou.

Leia também:
Sauber anuncia colombiana como nova pilota de testes 
Hamilton diz ver Verstappen à frente de outros na F1

Quando questionado sobre o rumor de que a Mercedes pensou em Sainz antes de contratar Bottas, Wolff admitiu que o espanhol da Renault já foi discutido dentro da escuderia.

"Eu sempre me dei bem com Carlos e seu pai, sempre mantivemos um relacionamento privado muito bom e conversamos sobre a possiblidade de ele estar na Mercedes, mas ele era piloto da Red Bull e não havia nenhuma possibilidade", revelou.

Veja também

Alemanha volta a proibir presença de público em eventos esportivos
Covid-19

Alemanha volta a proibir presença de público em eventos esportivos

Neymar sente lesão durante jogo do PSG pela Liga dos Campeões
Futebol

Neymar sente lesão durante jogo do PSG pela Liga dos Campeões