INCÊNDIO FLORESTAL

Grécia: 13 são presos acusados de causar incêndio ao lançar fogos de artifício de iate

Grupamento de bombeiros informou que os fogos queimaram o único pinhal da ilha, num local de difícil acesso, já que não possui estrada

Socorro só pode ser feito com o auxílio de uma embarcação da guarda costeiraSocorro só pode ser feito com o auxílio de uma embarcação da guarda costeira - Foto: Reprodução

Treze pessoas foram presas na Grécia acusadas de causarem incêndio florestal na ilha de Hydra por terem lançado fogos de artifício de iate. As informações são da BBC.

Em uma postagem nas redes sociais, o grupamento de bombeiros informou que os fogos queimaram o único pinhal da ilha, num local de difícil acesso, já que não possui estrada. O socorro só pode ser feito com o auxílio de uma embarcação da guarda costeira.

A BBC informou que o incêndio começou na sexta-feira, 21, e que os autores são gregos. Eles passarão por uma audiência com a promotoria grega neste domingo, 23.

Alerta máximo
O incêndio provocou revolta no país. O prefeito de Hydra, Giorgos Koukoudakis, disse estar indignado pela irresponsabilidade de lançar fogos de artifício em áreas florestais, segundo a BBC.

O país está em alerta máximo contra incêndios florestais, com secas, ventos fortes e altas temperaturas. Segundo a BBC, na sexta-feira, um bombeiro voluntário de 55 anos morreu enquanto combatia um incêndio em Ilia, no Peloponeso. Antes disso, um turista morreu e outras duas pessoas estavam desaparecidas.

As queimadas em áreas de florestas já levaram à prisão outras 79 pessoas em agosto de 2023, diz a BBC.

Recentemente, a Grécia endureceu as leis contra incêndios criminosos, com penas de até 20 anos de prisão e multas de até € 200 mil.

 

Veja também

Fuzil usado contra Trump, AR-15 foi a arma mais utilizada em chacinas nos EUA na última década
ataque

Fuzil usado contra Trump, AR-15 foi a arma mais utilizada em chacinas nos EUA na última década

Dia do Católico 2024: público celebra data com missa e shows, no Recife
RELIGIÃO

Dia do Católico 2024: público celebra data com missa e shows no Cais do Sertão, no Centro do Recife

Newsletter