RECIFE

Plano Municipal do Livro: Prefeitura do Recife realiza reunião para elencar propostas

O Plano Municipal do Livro é uma das ações que está inserida no programa Recife Cidade Leitora, que consta no no Decreto N° 35.746/2022

Compaz Ariano SuassunaCompaz Ariano Suassuna - Foto: Andréa Rêgo Barros/Arquivo PCR

Para a construção do Plano Municipal do Livro, Leitura, Literatura e Biblioteca (PMLLLB), a Prefeitura do Recife promove, na próxima quinta-feira (13), uma reunião ampliada para fazer a escuta da sociedade e elencar as propostas que servirão de base ára o projeto.

O debate, relizado por meio das Secretarias de Segurança Cidadã, de Educação e de Cultura, deve acontecer no Compaz Ariano Suassuna, no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste da Cidade.

O Plano Municipal do Livro está previsto na Lei Nº 17.600/2009, que estabelece a Política Municipal do Livro e de Incentivo à Cultura da Leitura, e no Decreto N° 35.746/2022, que implementa o programa Recife Cidade Leitora.

Legislação
A Lei Nº 17.600, sancionada em 2009, tem como princípios: leitura e a escrita como meios principais de difusão da cultura e transmissão do conhecimento;  democratização do acesso ao livro e à leitura; existência de famílias leitoras no município; existência de escolas que saibam formar leitores.

Nesta perspectiva, o prefeito João Campos criou o programa Recife Cidade Leitora, que tem o objetivo de democratizar o acesso ao livro, fomentar e valorizar a leitura, a literatura e a cultura digital na nossa capital.

Dentre as ações do programa, está previsto o Plano Municipal do Livro.

“Estamos plenamente engajados nesta tarefa, a partir das atividades realizadas pela Rede de Bibliotecas pela Paz e pelos pontos de leitura, porque entendemos que a leitura é uma das atividades mais eficazes para a construção de cultura de paz na sociedade”, diz Gabriel Cavalcante, secretário de Segurança Cidadã do Recife. 

Plano Municipal do Livro
Com base no artigo 9º do Decreto, foi instituído um Grupo de Trabalho (GT) para elaborar o Plano.

O GT é composto por dois representantes de cada uma das secretarias, e também está prevista a participação de dois representantes da sociedade civil das cadeias mediadora, produtiva e criativa da leitura, que serão eleitos durante a reunião ampliada do dia 13 de junho.

O encontro pretende reunir mediadores de leitura, bibliotecários, escritores, editores, professores, livreiros, sebistas, produtores culturais ou coletivos ou grupos envolvidos com a valorização da leitura e da literatura no Recife.

Veja também

Inverno do Hemisfério Sul começa nesta quinta (20); confira previsão de chuva para Pernambuco
solstício

Inverno do Hemisfério Sul começa nesta quinta (20); confira previsão de chuva para Pernambuco

Mulher denunciada por agredir casal gay em padaria é presa por atropelamento e fuga em São Paulo
POLÍCIA

Mulher denunciada por agredir casal gay em padaria é presa por atropelamento e fuga em São Paulo

Newsletter