Trio da Patagônia aportará no Rec-Beat

Fémina já passou por EUA, México e Europa e, atualmente, encontra-se em turnê pela Austrália. Sua estreia no Brasil acontece no Carnaval do Recife

O trio musical argentino FéminaO trio musical argentino Fémina - Foto: Divulgação

A produção do festival Rec-Beat na tarde desta quinta-feira (25) o nome da primeira atração internacional deste ano, a 20ª edição que acontece no Bairro do Recife desde que o evento - surgido em Olinda - mudou-se para a Capital pernambucana. A banda Fémina, da Patagônia, une elementos de diferentes ritmos latinos, como cúmbia, candombe, rumba e bolero, além do groove do hip hop e funk, em delicadas e estonteantes harmonias vocais.

O trio de compositoras é formado por Sofia "Toti" Trucco (vocais, violão, ronroco), Clara "Wewi" Trucco (vocal, percussão) e Clara Miglioli (voz, guitarra).

O grupo argentino já passou por Estados Unidos, México e Europa e, atualmente, encontra-se em turnê pela Austrália. Sua estreia no Brasil acontece no palco do Rec-Beat.

A Fémina tem dois álbuns lançados e acabou de gravar seu terceiro disco, em Nova York, com o aclamado produtor britânico Quantic.

Em sua 23ª edição, o Rec-Beat já tem confirmada em seu line-up as atrações Carne Doce (Goiás), Larissa Luz (Bahia), Ana Muller (Espirito Santo) e Xênia França (Bahia). A programação completa do festival será anunciada dia 5 de fevereiro.

Veja também

Classes mais altas têm maior potencial de contaminação em repique de casos, diz infectologista
Coronavírus

Classes mais altas têm maior potencial de contaminação em repique de casos, diz infectologista

Protestos contra violência policial deixam 56 mortos e fecham escolas na Nigéria
internacional

Protestos contra violência policial deixam 56 mortos e fecham escolas na Nigéria