MENTE SAUDÁVEL

Como envelhecer com lucidez e mente saudável

Como envelhecer com lucidez e mente saudável

Idosos jogando xadrez.Idosos jogando xadrez. - Foto: freepik.com

Segundo dados do IBGE a expectativa de vida hoje no país hoje é acima de 75 anos. Envelhecer é um caminho sem volta, mas há para se chegar a esta fase com saúde e mente sã é necessário uma alimentação saudável, atividade física, controlar o estresse, vida social e especialmente aprender uma nova habilidade, para estimular o cérebro. Esta é a chave para uma mente lúcida mais na frente. Como qualquer boa máquina, o cérebro precisa de cuidados e atenção ao longo dos anos, para garantir que ele continue funcionando bem.

Uma alternativa para turbinar o cérebro, fortalecendo as conexões neurais, criando outras, estimulando áreas antes "paradas" é através da ginástica cerebral. Na prática, os exercícios propostos pela ginástica cerebral reduzem o risco de desenvolver doenças neurológicas, como as demências, o que aumenta a qualidade de vida na velhice.

Para falar sobre o assunto com mais detalhes, Jota Batista, âncora da Rádio Folha 96,7 FM, conversou com a neuropsicopedagoga Andréa Negreiros, da Clínica Supera, que falou mais sobre a longevidade.

 

Neuropsicopedagoga Andréa Negreiros. Foto: Divulgação


 

“As pesquisas mostram que quanto mais cedo a gente se preocupa com a nossa saúde e com a nossa alimentação e nossas atividades físicas, além do nosso bem estar mental, a gente vai evitar de algumas doenças e a gente vai ter a nossa longevidade quando envelhecermos com muito mais saúde física e psíquica. Então isso é um trabalho que a gente tem que fazer o quanto antes melhor.”
 

Ficou interessado? Ouça o podcast completo acessando o link abaixo.

 

 

A especialista deu mais dicas de como ter mais longevidade com hábitos saudáveis
 

“A medicina evoluiu e hoje conseguimos ter uma perspectiva de vida maior. Se a pessoa se alimenta bem, come frutas, verduras, tem uma dieta bem balanceada ao invés de produtos extremamente industrializados a probabilidade de quem tem uma alimentação não balanceada ter algum tipo de doença é maior, inclusive o Alzheimer. Se eu sou uma pessoa intelectualmente ativa, faço atividade física, tenho uma boa alimentação e sigo com o meu protocolo de saúde, a probabilidade de ser acometido por uma doença dessa é bem menor, então é qualidade de vida que se vai construindo no decorrer do tempo.”
 
 

Veja também

Capacitação em Audiovisual no Projeto Terreirada em Cena aporta no Ilé Iyemojá Ògúnté
AUDIOVISUAL

Capacitação em Audiovisual no Projeto Terreirada em Cena aporta no Ilé Iyemojá Ògúnté

Férias no Museu: Instituto Ricardo Brennand tem agenda especial para a criançada
FÉRIAS

Férias no Museu: Instituto Ricardo Brennand tem agenda especial para a criançada

Newsletter